Remontada para a permanência: Villa San Carlos vira sobre o Fénix e ganha sobrevida na B Metropolitana

Dale!

Em dia de Superclássico valendo a taça da Supercopa Argentina, O Cancheiro desviou dos holofotes voltados a Mendoza e dirigiu-se a Berisso, com o objetivo de cobrir um duelo um tanto quanto mais modesto. Por lá, os locais do Villa San Carlos receberam o Fénix, em confronto válido pela fecha 26 da Primera B Metropolitana, a terceira divisão para os times da Gran Buenos Aires.

Villa San Carlos x Fenix007
Club Atlético Villa San Carlos. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Villa San Carlos x Fenix006
Club Atlético Fénix. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Villa San Carlos x Fenix018
Terna de arbitragem composta por Lucas Comesaña, Fernando Benítez e Néstor Olivera. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O jogo, aliás, marcou nossa estreia na divisão. Depois de acompanhar embates das Primera C e D nos arredores da Capital, aproveitamos a proximidade de Berisso com La Plata, nossa sede na Argentina, para incluir a B Metro na lista. Pouco mais de meia hora de pedalada foi o suficiente para vencer os 10 quilômetros entre a região urbana da capital da província e o Estádio Genácio Sálice, a casa dos celestes.

WhatsApp Image 2018-03-29 at 22.28.08
A pedalada até Berisso foi mais tranquila do que o previsto devido à Avenida Río de la Plata estar bloqueada para o trânsito de carros. Foram seis quilômetros de absolutamente nada. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
WhatsApp Image 2018-03-29 at 22.28.41 (1)
No caminho, já em Berisso, passamos pela sede do Club Atlético Villa San Carlos, na Avenida Montevideo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Cerca de 500 hinchas villeros se fizeram presentes à cancha, cercados de uma grande desconfiança a apreensão, afinal a equipe nunca esteve tão próxima de ser descendida à Primera C. Desde de 2009 na B Metropolitana – com uma breve e histórica passagem pela B Nacional em 2013/14 -, a equipe de Berisso briga diretamente com o Almirante Brown para não cair, estando cinco pontos atrás dos aurinegros.

Villa San Carlos x Fenix017
O simpaticíssimo Estádio Genácio Sálice. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
WhatsApp Image 2018-03-29 at 22.28.41 (2)
No caminho para o campo, um quadro lembrava as quatro conquistas que renderam as estrelas sob o escudo do time de Berisso. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Do outro lado, mais tranquilo, porém não menos focado na partida, o Fénix se encontra no meio da tabela, brigando por uma vaguinha no torneo reducido. O clube, que nasceu em Buenos Aires, se mudou para Pilar e hoje manda suas partidas em San Miguel – lembrando os nômades do nosso futebol brasileiro – precisa dos três pontos para enfim deixar a beirada da zona de classificação e adentrá-la.

Chegar lá, entretanto, foi deveras complicado. Os problemas para os visitantes começaram ainda antes de chegar ao estádio. O ônibus da delegação blanquinegra quebrou em Liniers, a 60 quilômetros de Berisso, obrigando os jogadores a se deslocar via remises, uma espécie de táxi alternativo que veio muito antes da Uber e é bem comum na Argentina e no Uruguai.

Villa San Carlos x Fenix600
Já com o uniforme de jogo, a equipe do Fénix chegou a Berisso com mais de meia hora de atraso e foi direto para o campo fazer o calentamiento. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Villa San Carlos x Fenix002
Completando 100 jogos com a camisa celeste, o voltante Leonardo Morales foi homenageado antes da partida. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Dentro de campo, entretanto, os cuervos não ligaram para a viagem turbulenta e ditaram o ritmo da primeira etapa, criando chances principalmente pelo lado direito. Apesar disso, foi só quando o intervalo se aproximava que o jogo ganhou emoção. Primeiro, aos 42, com uma chagada do San Carlos, em que Mendoza cruzou e a pelota sobrou para Vera acertar a trave.

Villa San Carlos x Fenix015
Foi pelo lado direito que os comandados de Lucas Nohra criaram mais oportunidades. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Villa San Carlos x Fenix013
Pablo Mongardini, ex-Gimnasia y Esgrima de La Plata, sai para conter mais uma chegada alvinegra. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O Fénix aproveitou o raro momento ofensivo dos mandantes para contragolpear: Ledesma recebeu livre pela direita e encheu o pé, desviado em cima da hora pela defesa; no escanteio gerado, Garro, egresso do banco, bateu no meio da área e Juan Huichulef se antecipou à marcação para desviar e mandar no cantinho, fora do alcance do arqueiro Pablo Mongardini.

Villa San Carlos x Fenix014
O defensor Huichulef foi para área e guardou o seu, abrindo o placar para os visitantes. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Depois de um primeiro tempo que deixou sua torcida aburrida, o quadro celeste regressou para a etapa final com outra postura. Quem também deu as caras após o intervalo foi uma chuva torrencial. O Fénix, visivelmente sem a mesma pegada e sentindo a parte física – talvez pelos problemas pré-jogo – recuou suas linhas, tornando o jogo praticamente num ataque contra defesa. Aos 22, veio a recompensa para os locais. Wilson Gómez avançou pelo meio, tabelou com Fernandes Silva, e, num drible de corpo sensacional, deixou três marcadores no chão para bater rasteiro e empatar.

Villa San Carlos x Fenix016
O San Carlos chegou ao empate após uma jogadaça de Gómez. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Villa San Carlos x Fenix004
Se não era melhor na técnica, o time da casa sobrava na garra. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Mesmo com a igualdade no placar, a lógica da partida não se alterou. A única mudança foi na chuva, que apertou. Jogando com o coração na ponta das chuteiras, os onze celestes se multiplicaram em campo. Com o apoio da torcida, a virada se tornou realidade faltando menos de dez minutos para o fim, quando Zagert aproveitou uma bobeira da defesa, finalizou e, depois de um desvio, a bola sobrou limpa para Leonardo Morales – aquele mesmo que completava 100 jogos – completar para o gol vazio, fazendo o Genácio Sálice explodir.

Villa San Carlos x Fenix005
A chuva apertou e lá fomos nós para o camarote do estádio, totalmente aberto e na altura do campo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Villa San Carlos x Fenix601
De lá, vi o gol de Morales, marcando mais um belo capítulo em sua história no clube de Berisso. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Sem pernas para buscar um novo empate, o Fénix nada criou nos poucos minutos que sobravam. A remontada dos villeros naturalmente dá um ânimo a mais para escapar do rebaixamento. A equipe de Berisso ficou a apenas dois pontos do Almirante Brown, que teve seu jogo da 26ª rodada, contra o Tristán Suárez, postergado. O próximo desafio é contra o UAI Urquiza, em Villa Lynch. O Fénix, em sua luta para chegar à metade de cima da tabela e alcançar o reducido, recebe o rival direto Comunicaciones na cancha do San Miguel.

Villa San Carlos x Fenix008
O resultado e a garra demonstrada pela equipe celeste dão um novo ânimo para a torcida sonhar com a permanência. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Mais fotos do embate em Berisso

Ainda pela mesma rodada, O Cancheiro engatou mais uma partida da B Metro no dia seguinte. Fomos à Capital para ver todos os detalhes de confronto entre Deportivo Español e Barracas Central. Mas isso é charla para logo mais.

Até logo. Saludos!

 

Um comentário sobre “Remontada para a permanência: Villa San Carlos vira sobre o Fénix e ganha sobrevida na B Metropolitana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s