Com emoção reservada para o final, Novo Horizonte e Igrejinha abrem as quartas da Terceirona com empate

Mas que tal!

Hora de tirar aquelas merecidas férias. O que não quer dizer, de forma alguma, que deixaremos de ter pelejas relatadas por esse sítio. Pelo contrário, Aproveitando as vacaciones, regressei às origens e tomei o rumo do genial Monumental do Cristo Rei, a cancha do Índio Capilé Aimoré, para uma belíssima jornada dupla. Abrindo os trabalhos, Novo Horizonte e Igrejinha duelaram pela partida de ida das quartas-de-final da Terceirona.

Esporte Clube Novo Horizonte
O NEW HORIZON, do técnico Rudimar Cardozo, adentrou o Cristo Rei assim: Ítalo; Natã, Luan, Paulinho e Joterson; Emerson, Michael e Denner (Luciano (Jonas)); Alisson, Éverton e Tuta (Henrique). (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Esporte Clube Igrejinha
Éverton Fabro escalou assim o LITTLE CHURCH: Régis; Xandy, Roger, Léo e Puyol; Jair, Pepê (Willian Matheus) e Djoni (Chaves); Pitoco, Rodrigo Grahl (Cleiton) e Lucas Schulz. (Foto: Lucas Gabriel Cadoso)
Novo Horizonte x Igrejinha68
Éder Zanella comandou o espetáculo. André da Silva Bittencourt e Tiago Augusto Kappes Diel o auxiliaram. Patrick Kauê Krauser Farias foi o quarto árbitro. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Cheguei com uma senhora antecedência ao João Corrêa da Silveira. Deu tempo de tirar uma soneca no concretão, trocar uma ideia com o delegado da partida – quando notamos a ilustríssima presença de Rodrigo Grahl entre os relacionados – e até ajudar o vice-tesoureiro do Igrejinha a procurar trevos de quatro folhas entre as entranhas do relvado capilé – e o pior: achamos!

Novo Horizonte x Igrejinha59
Assim como fizera há mais de 20 anos, novamente o vice-tesoureiro do Igrejinha encontrou um trevo de quatro folhas no Cristo Rei. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Novo Horizonte x Igrejinha60
Está provado que existe. Agora falta provar se dá sorte mesmo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

A julgar pelo retrospecto, o Tricolor não precisa se prender à sorte. Os dois escretes chegam para essa fase com campanhas totalmente distintas. O Novo Horizonte, buscando colocar o futebol de Esteio no mapa, vem de uma batalha local contra os vizinhos do Sapucaiense, em território inimigo, de onde saiu vitorioso e classificado com o quarto posto do Grupo C. Na outra chave, o Igrejinha chegou à vaga, como líder, com uma certa antecedência.

Novo Horizonte x Igrejinha62
A Fúria Tricolor foi a responsável por dar um clima de cancha às arquibancadas capilés. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Bagé x Três Passos, Grêmio x Rio Grande e Internacional x Gaúcho completaram o chaveamento das quartas. Mesmo com as duas últimas partidas acontecendo em simultâneo na Grande Porto Alegre, nem cogitei presenciá-las, por ser totalmente contra à bizarrice de colocar, da forma como foi, os times B da dupla – já passou da hora dos clubes e da Federação entenderem que o futebol gaúcho não gira só em torno dos arquirrivais da Capital.

Novo Horizonte x Igrejinha63
É a terceira vez que Rodrigo Grahl aparece por aqui. A primeira já faz bastante tempo. Foi justamente na estreia do blog, quando ele defendia as cores do Concórdia, em partida contra o Blumenau. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

As campanhas durante a Segunda Divisão – Terceira, na prática – apontavam para um franco favoritismo dos visitantes. A marcação alta, intensa e sob pressão do Novo Horizonte, entretanto, apontou a partida para outro rumo, contrariando todos os prognósticos a favor do Igrejinha.

Novo Horizonte x Igrejinha77
Confronto de ex-gremistas experientes: Emerson, com 37 anos, e Rodrigo Grahl, de 40. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Apesar de iniciar propondo as ações, a agremiação do Vale do Paranhana não conseguiu levar perigo ao arqueiro Ítalo. Do outro lado, os esteienses descolavam contragolpes fulminantes. No primeiro deles, Tuta chegou à linha de fundo, mas perdeu o ângulo e bateu sobre a marcação. Depois, foi a vez de Emerson, do alto dos 37 anos, escapar sozinho, vencer a marcação na corrida e ser atropelado exatamente sobre a risca da grande área – a princípio, Éder Zanella assinalou pênalti, mas o auxiliar, correndo em paralelo ao lance, o corrigiu, apontando ter sido fora. Na cobrança, a pelota foi amortecida pela barreira e ficou nos braços de Régis.

Novo Horizonte x Igrejinha82
Quem chegou à linha de fundo primeiro foi o Novo Horizonte. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Novo Horizonte x Igrejinha8
Emerson, com toda a sua experiância, veio recebendo a carga do marcador desde fora da área, mas só caiu ao adentrá-la. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

As melhores chances do Tricolor só aconteceram quando a equipe fez a bola chegar nos seus atacantes. Rodrigo Grahl, apagado até então, tentou duas vezes, ambas interceptadas. Quem teve as oportunidades mais claras foi Lucas Schulz: após receber um passe enfiado, ele foi travado no exato momento do chute por Joterson; depois, cabeceou sozinho, no segundo pau, mas Ítalo encaixou. Djoni também arriscou, o arqueiro espalmou e Jair quase aproveitou o rebote.

Novo Horizonte x Igrejinha88
A famosa bicuda na bola. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Novo Horizonte x Igrejinha14
Os times não estavam aliviando nas divididas. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Após um primeiro tempo pegado, o Formigão de Esteio começou a etapa final com a mesma postura. Aos 10, Tuta aproveitou uma lambança da zaga igrejinhense, limpou do goleiro Régis e caiu; o juiz mandou seguir e a bola sobrou para Alisson, que também cortou o arqueiro, driblou a marcação, mas ficou sem ângulo e rolou para Emerson, que finalizou mal.

Novo Horizonte x Igrejinha1
A marcação exemplar da esquadra esteiense impediu as ações do Igrejinha. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Novo Horizonte x Igrejinha31
Sobrou um pé do zagueiro Luan bem no rosto de Grahl. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O primeiro tempo sem muitas emoções, aliado aos mornos primeiros 15 minutos da segundo, não davam a menor pista do que seria a meia hora final do jogo. Em sua melhor participação, Grahl recebeu pelo meio e colocou com maestria no ponto futuro para Pitoco. Com o atacante na cara do gol, Joterson armou o carrinho, mas errou o bote e acertou bola, jogador adversário e tudo. Penalidade que Grahl bateu firme, mas Ítalo pulou no canto certo e catou. No lance seguinte, o arqueiro pegou mais uma do atacante ex-Grêmio e Chapecoense, dessa vez à queima-roupa.

Novo Horizonte x Igrejinha23
Joterson errou a passada e derrubou o atacante igrejinhense. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso
Novo Horizonte x Igrejinha24
Rodrigo Grahl correu convicto para a bola. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Novo Horizonte x Igrejinha25
Mas Ítalo, em uma tarde inspiradíssima, salvou. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O negócio de Grahl, naquela tarde, era ser garçom. Após receber nas costas da zaga, ele descolou outro belo passe, dessa vez para Djoni chegar batendo firme, mas a bola caprichosamente carimbou o pé da trave. A pressão era toda por parte do Igrejinha, aproveitando que os guris do Novo Horizonte já não conseguiam empregar a mesma pegada. Foi quando brilhou a estrela de Ítalo, que pegou até a sombra.

Novo Horizonte x Igrejinha27
Mais uma vez Ítalo impede o gol de Rodrigo Grahl. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Quando tudo levava a crer que a vaga nas semis seria decidida no Vale do Paranhana, o Novo Horizonte surpreendeu e abriu o marcador no Vale dos Sinos. Já eram decorridos 39 minutos, quando Alisson escapou sozinho, deixou dois marcadores para trás e foi derrubado por Roger. Pênalti bobo, já que o atacante havia perdido o ângulo, e justamente quando o Igrejinha era totalmente superior. Paulinho bateu rasteiro e foi para o abraço, bradando: “eu falei que ia fazer gol hoje!”. No lance seguinte, em cobrança de falta, Alisson também mandou a bola para as redes, mas pelo lado de fora.

Novo Horizonte x Igrejinha45
Caído, Alisson comemora, enquanto Roger contesta a marcação. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Novo Horizonte x Igrejinha46
O zagueiro Paulinho ajeitou a gorduchinha com carinho. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Novo Horizonte x Igrejinha47
E marcou aquele que, até então, é o gol mais importante da curta história do Novo Horizonte. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Novo Horizonte x Igrejinha48
Paulinho saiu afirmando que já sabia que deixaria o seu naquela tarde. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Novo Horizonte x Igrejinha49
Régis ainda quase foi surpreendido por uma cobrança de falta de Alisson. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Agora, o Igrejinha tinha cerca de dez minutos, contando os cinco de acréscimo, para fazer o que ficou devendo durante os outros 85. E, por incrível que pareça, conseguiu. Aos 47, depois de intensificar ainda mais a pressão, o Tricolor alçou uma bola na área, a zaga afastou, mas ela sobrou nos pés de Pitoco, que veio de trás e emendou firme para o gol, dando números iguais e finais ao confronto.

Novo Horizonte x Igrejinha53
A pelota sobrou à feição para Pitoco engatilhar a canhota e empatar o duelo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Novo Horizonte x Igrejinha54
O tento igrejinhense mudou totalmente o cenário para a partida de volta. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Novo Horizonte x Igrejinha55
Enquanto Pitoco comemorava para a torcida, os jogadores do Novo Horizonte, exaustos por mais de 90 minutos de marcação intensa, desabaram em campo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Novo Horizonte x Igrejinha56
No final das contas, a torcida de Igrejinha foi a que mais comemorou em São Leopoldo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O empate no final foi um balde de água fria na esquadra esteiense, que ia levando uma excelente vantagem para Igrejinha. O Tricolor, por sua vez, acabou comemorando como se fosse uma vitória, já que um simples triunfo ou um 0x0 já garantem a classificação – e, caso Inter e Grêmio passem, o acesso antecipado.

Novo Horizonte x Igrejinha58
Hora de recolher os trapos e voltar para a terra da Oktoberfest com um gostinho de vitória. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

A dupla Gre-Nal, aliás, saiu na frente jogando em casa. O Colorado, passando o rolo compressor nessa Terceirona, goleou o Passo Fundo por 4 a 0 em Alvorada. Já em Eldorado do Sul, o Grêmio venceu o Rio Grande pelo placar mínimo. No outro confronto que pode valer o acesso direto, o Bagé foi buscar uma excelente vitória em Três Passos.

Galeria

Desde já, ficamos na torcida para que Gaúcho e Rio Grande deem a volta por cima e consigam avançar para, aí sim, termos confrontos valendo as duas vagas na Divisão de Acesso. Sem programação para domingo, pode ser que uma das pelejas de volta pinte por aqui – antes disso, tem Série D no sábado.

Dale!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s