Pela Copa do Brasil Sub-20, Vinícius Jr. deixa o dele e Flamengo abre boa vantagem sobre o Figueirense

Salve!

Sobraram dezesseis equipes na Copa do Brasil Sub-20. Dentre elas, quatro são catarinenses. O Cancheiro conferiu e relatou as classificações dos dois florianopolitanos na disputa: o Leão da Ilha, contra o Grêmio, e o Furacão do Estreito, frente ao Sport. Para as oitavas, porém, tive que escolher entre um deles, pois a CBF teve a infeliz ideia de colocá-los para jogar exatamente ao mesmo tempo. Por ter acompanhado menos partidas do Alvinegro, o destino escolhido foi o Orlando Scarpelli e o embate entre Figueirense e Flamengo.

Figueirense x Flamengo5
O Furacão do Estreito, comandado por Alysson Silveira, adentrou o Scarpelli com: Vitor; Ayran, Marcos Vinícius, Pereira e Felipe Camarço; Lucas Kuhn (Guilherme Eller), Jean (Gustavo), Malaquias, Luiz Fernando (Ceará) e Paim; Matheus Lucas (Pedro Lucas). (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Clube de Regatas Flamengo
Os Garotos do Ninho, sob a batuta do grande Gilmar Popoca, jogaram com: Batista; Kléber, Dener, Rafael e Michael; Hugo Moura, Jean Lucas, Lucas Silva (Fabrício) e Gabriel Silva (João Pedro); Vinícius Júnior (Vinícius Souza) e Lincoln. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Figueirense x Flamengo
Trio catarinense: Evandro Tiago Bender, Helton Nunes e Diego Leonel Felix. Edson da Silva foi o quarto árbitro. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Confesso, porém, que o fator Vinícius Jr. também foi decisivo na escolha. O moleque arrebentou pela Seleção Brasileira no Sul-Americano Sub-17 e já pinta como uma grande promessa. Pelo destaque nos juvenis, o atacante já foi alçado aos juniores, mesmo tendo apenas 16 anos – sim, já tem jogador nascido nos anos 2000 brilhando por essas páginas -, e ajudou os Garotos do Ninho a eliminarem o CRB em Maceió.

O Figueirense também buscou um belo resultado no Nordeste e, como mencionado acima, deixou o Sport Recife para trás. A classificação rendeu uma boa vitrine, tanto que a base do Furacão conseguiu emplacar dois jogadores na Seleção Sub-20 que se prepara para o Torneio de Toulon: o zagueiro Felipe Camargo e o atacante Luiz Fernando. A nível estadual, o Figueira vem mal na Copa SC Sub-20, visto que vem priorizando a competição nacional e aproveitando a má fase nos profissionais para subir alguns atletas.

O escrete flamenguista também conta com atletas nos juniores da Seleção: o arqueiro Hugo Nogueira, o lateral Michael e o meia Vinícius Souza. Tal elenco qualificado, somado à tradição e às boas campanhas recentes – semifinalista na Copa RS e quadrifinalista na Copa SP -, assegurava ao Rubro Negro um certo favoritismo antes da partida.

Figueirense x Flamengo6
Público local novamente ocupou pouco espaço no Orlando Scarpelli, mesmo sendo com portões abertos. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Sob seus domínios, porém, o Figueirense não quis saber e pressionou desde o princípio. Com menos de cinco minutos, Jean Lucas foi tentar afastar e acabou se atrapalhando com a pelota dentro da área. Evandro Tiago Bender enxergou um toque com a mão do volante em meio ao lance esquisito e assinalou a marca da cal. O zagueiro e capitão Pereira foi para a cobrança, mas acabou recuando para Batista.

Figueirense x Flamengo23
Batista não teve dificuldades para defender a cobrança de Pereira. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Depois de 15 minutos de pressão alvinegra, a resposta flamenguista veio em uma finalização de fora de Gabriel Silva; Vitor defendeu e Vinícius Júnior quase aproveitou o rebote. Fazendo um excelente papel tático – coisa rara para um guri de 16 anos – a joia rubronegra não deixou o atacante Luiz Fernando, destaque do Figueira, se encontrar em campo. Quando conseguiu chegar a frente, o selecionável alvinegro acabou se embrenhando com a marcação e se lesionou. Ceará entrou no seu lugar, aos 38.

Vinícius Júnior pega rebote e quase deixa o dele. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Coincidência ou não, foi a partir da saída de Luiz Fernando que Vinícius Júnior teve mais liberdade para jogar. Aos 40, ele aproveitou uma sobra de escanteio, limpou a marcação e cruzou para o canelinhense Dener, mas Vitor novamente interviu. O Furacão respondeu em uma forte finalização de Matheus Lucas, para grande finalização de Batista.

Figueirense x Flamengo21
Torcida do Flamengo era composta em sua maioria por conterrâneos do zagueiro Dener, natural de Canelinha, na Grande Florianópolis. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Depois de uma primeira etapa com marcação pesada e de certa violenta, o Figueirense foi para o intervalo com três atletas amarelados. Logo aos 5, em outro lance estranho, Malaquias, um dos advertidos, acabou retardando um ataque do Flamengo ao jogar uma segunda bola sobre a de jogo. Evandro Tiago Bender sacou a segunda tarjeta amarela e expulsou o meia. Agora com ainda mais espaço, o Flamengo subiu a marcação e, quatro minutos depois, o lateral Kléber roubou a bola e tocou para Vinícius Júnior, que mandou de fora da área, com categoria, e abriu o placar.

Com liberdade pela ala direita, Kléber avançou e novamente descolou outra bela assistência para gol, aos 22; dessa vez foi para Lucas Silva, que bateu cruzado, no pé da trave, para ampliar. Pouco depois, o autor do segundo tento recebeu de novo pela direita, mas dessa vez cortou e deu para Lincoln, que deslocou o arqueiro, mas o zagueiro Marcos Vinícius salvou em cima da linha.

Figueirense x Flamengo30
Lucas Silva bateu no contrapé de Vitor. A bola morreu no cantinho, depois de pegar no pé da trave. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Apesar de combalido dentro da cancha, o Figueirense conseguiu ser eficiente em suas únicas duas subidas ao ataque. Na primeira, Matheus Lucas mandou do meio da rua e a bola passou tirando tinta do poste; dez minutos depois, quando já eram decorridos 34 da etapa final, Ceará aproveitou uma sobra na ponta da grande área e mandou um belo sem-pulo, no canto oposto de Batista.

Galeria de imagens do duelo

Satisfeito com o escore construído fora de casa, o Flamengo aproveitou a inferioridade numérica do Figueira para cadenciar o jogo e levar a excelente vantagem para a partida de volta, a ser realizada quinta-feira, no Estádio da Gávea.

Enquanto isso, do outro lado da ponte, no outro confronto entre catarinas e cariocas, o 2 a 1 foi a favor do Avaí, sobre o Fluminense. A equipe azurra também viaja ao Rio na próxima semana, mas com muito mais tranquilidade.

Da Ilha da Magia, O Cancheiro fica na torcida para que os representantes catarinenses regressem da Cidade Maravilhosa com a classificação – e, assim, essa não seja última peleja dessa edição da Copa do Brasil Sub-20 no blog.

Até a próxima – sim, aposto que vai ter próxima!

 

2 comentários sobre “Pela Copa do Brasil Sub-20, Vinícius Jr. deixa o dele e Flamengo abre boa vantagem sobre o Figueirense

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s