Atlético Tubarão vence o Grêmio na abertura da Copa Sul Sub-19

Salve!

Tem competição nova aqui no blog! Organizada pela Federação Catarinense de Futebol, a primeira edição da Copa Sul Sub-19 é mais uma opção para os clubes colocarem seus elencos juniores na ativa. Com dez equipes dos três estados do Sul, o certame teve seu pontapé inicial na segunda-feira, no Estádio Domingos Silveira Gonzales, onde o Atlético Tubarão recebeu o Grêmio – e é para lá que nós fomos.

Tubarao x Gremio02
O Tricolor da Vila, sob o comando de Beto Almeida, foi a campo com: Arthur; Gustavo Bartell, Clebson, Vinícius Kuerten e Roberto (Eduardo); Dudu (Mateus Vargas), Kelvin (Ricardo), Thales (Nicolas) e Vini; João Victor (Clayton) e Mateus Izidoro (Guto). (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Tubarao x Gremio01
O Tricolor Gaúcho, do técnico César Lopes, adentrou o gramado com: Chapecó; Petterson (Jhonata Varela), Abreu, Manu e Kazu (Lucas Grossi); Gabriel Biteco, Rildo (Léo Bicca), Léo Chu e Jhonata Robert; Josiel e Sávio (Matheus). (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Tubarao x Gremio25
Ramon Abatti Abel apitou o duelo, auxiliado por Carlos Felipe Schmidt e José Roberto Larroyd. Marcos Vinícius de Oliveira Matias foi o quarto árbitro. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Vice-campeões em seus respectivos estaduais da categoria e já garantidos na Copa São Paulo, os dois tricolores – que casualmente carregam as mesmas cores – se encontram no Grupo A, ao lado de Criciúma, Atlético Paranaense e Figueirense. No B, estão Avaí, Chapecoense, Joinville, Internacional e Paraná. Ou seja, três catarinenses, um gaúcho e um paranaense em cada chave, jogando entre si em um turno e classificando quatro equipes de cada para as quartas.

50
Tricolores perfilados no Domingos Silveira Gonzales para as execuções dos hinos. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Dentro de campo, Tubarão e Grêmio entraram dispostos a mostrar serviço desde os primeiros instantes. Foi o Tricolor Gaúcho que levou mais perigo nos primeiros minutos, mas quem de fato chegou às redes primeiro foram os tubaronenses. Aos 12, Thales escorou um cruzamento vindo da direita para Mateus Izidoro, que tentou duas vezes; na primeira, de voleio, Chapecó fez milagre e salvou o Grêmio; no rebote, a pelota ficou viva dentro da área e o próprio atacante empurrou para o gol.

Tubarao x Gremio05
O lateral Roberto, jogando invertido na direita, teve espaço para mandar na área. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Tubarao x Gremio06
Mateus Izidoro tentou duas vezes antes de correr para o abraço. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O Grêmio seguiu tentando e se fazendo dono da passe de bola, mas foi o Tubarão, na base da eficiência, que chegou ao segundo. Aos 22, Mateus Izidoro recebeu um lançamento perfeito de Vini, ganhou de Kazu na linha de fundo, mas Jhonata apareceu na cobertura para recuar para Chapecó; o arqueiro, então, saiu jogando mal com os pés, o Tubarão recuperou e a bola chegou em Thales, que fez o pivô e deixou quicando para Roberto pegar na veia e mandar no cantinho.

Tubarao x Gremio10
Roberto pegou na veia para marcar um golaço e ampliar a conta. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Tubarao x Gremio11
Com metade do primeiro tempo, o Tubarão já abria uma bela vantagem na base da eficiência. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Logo depois, novamente nas costas de Kazu, o Tubarão quase chegou ao terceiro, em cruzamento que Chapecó não conseguiu cortar, mas João Victor chegou um pouco atrasado e mandou para fora, mesmo com o gol vazio. Do outro lado, o Grêmio não tinha a mesma eficiência e pecava sempre no último passe.

Tubarao x Gremio08
Chapecó saiu caçando borboletas. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Tubarao x Gremio09
Mas João Victor não conseguiu completar para o gol. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Na etapa final, pelo contrário, os guris do Imortal voltaram mais dispostos a finalizar e colocaram o arqueiro Arthur para trabalhar. Foram ao menos seis arremates certeiros, todos de fora da área. Jhonata, Rildo e Léo Chu, duas vezes cada, ou tiraram tinta da trave, ou obrigaram Arthur a espalmar – e dar aquela bronca na defesa.

Tubarao x Gremio24
A equipe gremista só conseguiu traduzir a superioridade na posse de bola em chances de gol na segunda etapa. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O Tubarão se segurou como pode e só conseguiu respirar depois dos 30, quando os visitantes, com apenas quatro jogadores no banco (sendo que são permitidas seis substituições), cansaram. Foi quando saiu a melhor chance para ampliar, mas Eduardo ficou sem ângulo e mandou nas redes, pelo lado de fora. Mesmo assim, o gol acabou não fazendo falta e o 2 a 0 persistiu até o apito final de Ramon Abatti Abel.

Mais fotos da partida

 

O triunfo logo na estreia já dá aquela moral para os catarinenses na competição, afinal não é sempre que se enfrenta – e se ganha com autoridade – de um time com investimento e estrutura como o Grêmio. Na segunda rodada, os tubaronenses folgam e só voltam a campo dia 10, contra o Criciúma. Os gaúchos, por sua vez, recebem o Atlético-PR já na sexta-feira e depois seguem para uma turnê de amistosos por Espanha e Portugal.

Com um calendário deveras incomum, a Copa Sul segue com jogos em praticamente todos os dias da semana. Assim sendo, sempre que possível, encaixaremos um e outro duelo na agenda do blog.

Fique ligado e até a próxima!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s