Dever cumprido: em clima festivo, Sacachispas se despede da torcida com empate contra o Tristán Suárez

A Primera B Metropolitana voltou a ser o destino do Cancheiro nesse domingo. E lá fomos nós, rumo a Buenos Aires, copar nossa quinta cancha porteña. Dois trens – os ferros Roca e Belgrano Sur – e duas horas depois de deixar La Plata, aportávamos em Villa Soldati, mais precisamente no Estádio Beto Larrosa, para conferir o confronto entre os geniais Sacachispas e Tristán Suárez.

Sacachispas x Tristan Suarez114
Club Social y Deportivo Tristán Suárez. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez115
Sacachispas Fútbol Club. É uma tradição: todos os jogos o Lila inventa uma formação diferente para a foto. Dessa vez foi para homenagear o centroavante Ayala. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez118
Trio de arbitragem composto por Paulo Vigliano, Lucas Pardo e Carlos Qualizza. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O clima desde a Estación Presidente Illia até os arredores da cancha era de celebração. Os villeros nunca haviam ido tão longe nos torneios do ascenso. E logo em sua primeira temporada na B Metro, o clube já garantiu a permanência com uma boa antecedência – a vaga para o reducido, entretanto, ficou para trás. Além disso, o duelo marcaria a despedida, repleta de honrarias, de dois ídolos: o arqueiro Juan De La Fuente e o centroavante Alejandro Ángel Ayala, o máximo goleador do clube.

Sacachispas x Tristan Suarez116
Antes da bola rolar, a primeira das homenagens: Juan De La Fuente, o arqueiro da campanha na Primera C, se aposentaria após a partida. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez119
Trapo para Ayala, outro ídolo que se retiraria dos gramados nessa tarde. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Enquanto o Sacachispas é uma novidade, o Tristán Suárez já é figura conhecidíssima na categoria. Desde 1995, quando subiu da C, que o time do partido de Ezeiza não ascende e tampouco descende. É, de longe, o clube que há mais tempo disputa a B Metropolitana de forma ininterrupta. Nesses 23 anos, a melhor campanha do Lechero foi em 1997, quando conquistou o vice. Já na atual temporada, o clube briga mais uma vez no meio da tabela, mas, dessa vez, na metade de cima, com a vaga ao torneo reducido muito próxima.

Sacachispas x Tristan Suarez117
Villeros vs Lecheros. Confronto que, por competições do acesso, voltou a ocorrer nessa temporada depois de 43 anos. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez126
A ilusão do acesso foi o que manteve a Barra de Soldati ao lado do clube na C e na D. Agora, na B, é só festa. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Ainda com um objetivo no campeonato, os visitantes entraram em campo com maior gana de vencer. A ofensividade rendeu diversos sustos para a hinchada local, que seguia em clima de festa nas arquibancadas. Logo aos dois minutos, Enzo Trinidad arrancou suspiros com uma cobrança de falta que chegou a triscar o poste.

Sacachispas x Tristan Suarez120
Com o dever cumprido e sem maiores ambições, a não ser somar uns pontinhos a mais para o promedio, o Sacachispas pouco buscou o gol nos primeiro minutos. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez106
De La Fuente fez sua parte para manter o placar zerado. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

A pressão se manteve até os 24, quando o Tristán deu espaço para o Lila, jogando de forma despretensiosa, atacar. O camisa 10 Raúl Pérez percebeu tal espaço e descolou um belíssimo lançamento, às costas da marcação, para Maximiliano Quinteros, que deixou o arqueiro Jara na saudade com um drible da vaca e completou para o gol vazio.

Sacachispas x Tristan Suarez122
Quinteros recebeu cara a cara com Jara… (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez123
…tocou de um lado e correu do outro… (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez124
…e só teve o trabalho de rolar para as redes. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez125
Foi o 15º quinto gol do atacante villero, que agora empata na artilharia do torneio com Salmerón, do próprio Tristán Suárez. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Apesar do baque, o Tristán Suárez não baixou a guarda e seguiu atacando. Dez minutos depois do tento local, mais uma chance claríssima desperdiçada: após escanteio, De La Fuente perdeu o tempo da bola e Jara subiu livre, com o gol aberto, mas cabeceou para fora. O susto novamente foi seguido por uma bobeada da defesa, que cometeu falta na entrada da área, aos 44, na medida para Raúl Pérez, em mais um lampejo de genialidade, mandar para as redes como se fosse com a mão – confira abaixo:

Sacachispas x Tristan Suarez105
A alento vem do berço em Villa Soldati. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Nos quinze minutos de intervalo, a festa teve seu ápice no Beto Larrosa. Além de ter deixado o campo com uma inacreditável vantagem de 2 a 0, o elenco e a diretoria do Sacachispas aproveitaram o entretiempo para prestar mais homenagens ao ídolo Ayala

Sacachispas x Tristan Suarez127
Sob aplausos e muito emocionado, o maior goleador do Sacachispas, que até então dividia suas atividades com o trabalho de catador de lixo, se despediu dos gramados aos 43 anos. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez128
Até esses personagens esquisitos – que, confesso, não sei do que se tratam -participaram da festa. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez129
Os jogadores simplesmente deixaram o vestiário e saíram ao campo para saudar o camisa 9. Confesso que é a primeira vez que vejo algo parecido em meio a uma partida oficial. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Quando a pelota voltou a rolar, só deu Lechero. Se o primeiro tempo já havia sido de uma total vantagem ofensiva – não refletida no placar -, a etapa final foi disputada praticamente em meia-cancha. Em determinado momento, a pressão foi tamanha que os suarenses tiveram cinco escanteios consecutivos, todos levando perigo à meta de De La Fuente, que se desdobrou para garantir o placar em sua despedida.

Sacachispas x Tristan Suarez100
O Tristán Suárez tentou de todas as formas: pelo alto. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez101
Por baixo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez110
E até de bicicleta. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Cada vez mais acuado, o Sacachispas assistia o Tristán Suárez tentar de todas as formas, seja pelos flancos ou tabelando na entrada da área, mas a pelota teimava em não entrar. Tudo indicava que a festa seria completa em Villa Soldati. Isso até os 37 minutos, quando, em nova bola alçada à area, Enciso escorou para o artilheiro Luís Salmerón completar para o gol.

Sacachispas x Tristan Suarez121
Ayala bem que tentou, mas não conseguiu anotar mais um golzinho em sua despedida. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez103
Como não poderia deixar de ser, Gustavo Cisneros substituiu o delantero para que ele saísse ovacionado. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez104
De pé, a platea reverenciou o ídolo em seus últimos momentos como atleta profissional. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez108
Faltou combinar a festa com os visitantes. Faltando menos de dez minutos, o Lechero foi buscar o empate. Primeiro com Enciso, que deixou Salmerón tranquilo para descontar. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez109
Na briga paralela pela artilharia com Quinteros, do Saca, Salmerón chegou aos 16 gols e voltou à ponta. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O Lila até teve uma boa chance de liquidar a fatura na sequência, em contra-ataque puxado por Mendoza e Quinteros, mas faltou capricho na hora da finalização. A punição viria no último lance da partida, quando Enzo Trinidad converteu a pressão absurda dos visitantes em um suado gol de empate.

Sacachispas x Tristan Suarez111
Depois do desconto, os locais recorreram a uma arma clássica: a cera. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez112
Não adiantou, já que no último lance Trinidad aproveitou uma falha da defesa e empatou. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Os três pontos, essenciais para os promedios nas próximas temporadas, não vieram para completar a tarde repleta de emoções. A torcida, entretanto, não quis nem saber e entoou cânticos de agradecimento ao elenco, que ainda permaneceu um bom tempo na cancha retribuindo o apoio incondicional.

Sacachispas x Tristan Suarez107
O bandeirão dos de Soldati. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Sacachispas x Tristan Suarez113
A torcida nem ligou para o gol sofrido no último minuto e reconheceu a temporada memorável do clube. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

No final das contas, o empate foi comemorado por ambas as esquadras, já que, para o Tristán Suárez, o valioso pontinho garantiu o clube no reducido. Buscando uma posição melhor, que renderia, em teoria, melhores cruzamentos na fase seguinte, o Lechero recebe o Acasusso na última rodada. O Lila, por sua vez, encerra sua histórica campanha na B Metro na própria Buenos Aires, quando visita o Barracas Central, também na zona sul da Capital.

Com os rumos dos torneios de ascenso se definindo, a próxima parada do Cancheiro ainda está indefinida, mas, com diversos jogos durante a semana, é provável que seja alguma localidade na Gran Buenos Aires que ainda não conhecemos.

Siga acompanhando nossas andanças e ¡hasta luego!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s