General Lamadrid fica num amargo empate com o Muñiz e perde a chance de assumir a ponta da Primera D

Dale!

Aproveitando a estadia pela Capital Federal, o quarto destino do Cancheiro em terras porteñas foi a Villa Devoto, bairro localizado na zona oeste da cidade de Buenos Aires. Por lá, além do famoso Complejo Penitenciario Federal, há um histórico clube de bairro que jamais deixou suas origens e, ao contrário de outras diversas agremiações, não teve que abandonar a Capital. Trata-se do General Lamadrid, atualmente na Primera D Argentina, competição pela qual enfrentou o Muñiz na última terça-feira.

General Lamadrid x Muniz015
Club Atlético General Lamadrid. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
General Lamadrid x Muniz013
Club Social Cultural y Deportivo Muñiz. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
General Lamadrid x Muniz018
Juan Pablo Batagglia comandou o embate, auxiliado por Juan Arcos e Luciano Larrieu. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Os carceleros, assim chamados por estarem separados apenas por uma rua da prisão, ganharam fama pelo mundo por contar com a torcida não só de seus fanáticos que lotam as arquibancadas, como também dos próprios presidiários, que, de suas janelas, estendiam trapos nas cores do clube e assistiam as partidas do quadro de Devoto em suas militâncias pelas divisões metropolitanas do ascenso.

General Lamadrid x Muniz002
A fachada do Estádio Enrique Sexto recorda destaca as conquistas dos torneos reducidos de 83 e 95 pela Primera D e 98 pela C. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
General Lamadrid x Muniz012
Ao fundo, separada apenas por uma rua e alguns muros repletos de vigilantes, fica o Complejo Penitenciaro Federal, o único presídio localizado na Capital. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Desde 2016 na última divisão para os clubes filiados diretamente a AFA, o Lama passou a maior parte de sua história na Primera C, chegando à B em duas oportunidades: no final dos anos 90 e na temporada 2011/12. Divisão essa que seu rival dessa fecha 21 jamais conheceu. Entre idas e vindas pelas duas últimas categorias e passados alguns anos de desfiliação – quando a equipe é “rebaixada” da última divisão – o quadro rojo de Muñiz disputa a D desde 2011 e sonha com dias melhores.

General Lamadrid x Muniz006
Enquanto a banda de Devoto não adentrava o estádio, o alento ficou por conta da gurizada. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Além da peculiar vizinhança, o que me levou ao Estádio Enrique Sexto foi a oportunidade de conferir um confronto de extremos. Uma ótima chance para o General Lamadrid encostar ou até tomar a ponta do Victoriano Arenas ou do Muñiz deixar a lanterna e respirar mais aliviado nos promedios.

General Lamadrid x Muniz008
Desde os primeiros minutos, os visitantes deixaram claro que não faltaria empenho e raça para sair da delicada situação. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Dentro de campo, qualquer prognóstico mais genérico se confirmaria nos primeiros minutos: só deu Lama. A pressão quase tirou o zero do placar aos 15, quando Viggiano descolou um belo voleio e Fleita completou na pequena área, tirando tinta do poste. Três minutos depois, o camisa 9 não desperdiçou. Com liberdade pela esquerda, Leandro Fleita bateu firme na pelota e, depois de chorar e beijar as duas traves, ela foi parar no fundo das redes.

General Lamadrid x Muniz001
O matador Fleita fez seu sexto gol pelo Lama e assumiu a artilharia da equipe. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
General Lamadrid x Muniz019
Os de Villa Devoto nem precisaram esperar muito para soltar o grito de gol. Viria uma goleada? (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O gol deixou a impressão que a porteira roja estava aberta. Logo no lance seguinte, Billordo chegou à linha de fundo e cruzou para Vera, encobrindo o arqueiro Diaz Peyrous, mas o atacante, com o gol aberto, conseguiu desperdiçar. Vera ainda perderia outras duas boas oportunidade durante a primeira etapa, resultando numa vantagem mínima para os mandantes ao intervalo.

General Lamadrid x Muniz009
Cruzamento na medida de Billordo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
General Lamadrid x Muniz005
Para Vera fazer o mais difícil: errar o gol. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Os colorados de Muñiz, que pouco levaram perigo na primeira etapa, voltaram com uma postura mais incisiva, buscando o ataque pelos flancos e se acercando da área adversária. Essa postura demorou exatos 20 minutos para fazer efeito: Leandro Tot foi derrubado dentro da área e Dante Ramón Contreras converteu a penalidade em gol.

General Lamadrid x Muniz014
Contreras esperou até o último momento pela decisão do goleiro e só rolou para tirar do alcance dele. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
General Lamadrid x Muniz017
O tradicional apoio incondicional foi substituído por cobranças à equipe. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O surpreendente empate fez o quadro local enfim acordar para a segunda etapa. Empurrado pela torcida, que pedia “más huevos”, o General Lamadrid tentou de todas as formas buscar o segundo, mas esbarrou não só na bem postada retaguarda roja, como também na própria falta de criatividade. Somando-se ainda a catimba dos visitantes, o resultado foi um Carcelero totalmente nervoso, resumido a cruzamentos na área e chutes de longa distância, porém sem muita qualidade.

General Lamadrid x Muniz004
Por mais que insistisse, o time de Buenos Aires não conseguiu bater o arqueiro visitante. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
General Lamadrid x Muniz003
Já nos acréscimos, Sarandeses quase desempatou a partida de bicicleta. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O empate foi um grande baque os de Villa Devoto, que, além de perderam a chance de chegar à ponta da tabela, viram o Victoriano Arenas abrir uma vantagem ainda maior, em jogo realizado no mesmo horário, mas ainda válido pela rodada anterior – para piorar, o quadro de Avellaneda ainda voltou a vencer ao final da 21ª rodada e colocou sete pontos de vantagem. Do outro lado da tabela, o Muñiz seguiu na lanterna da atual temporada, mas conseguiu aumentar um pouco sua gordura nos promedios, correndo pouco risco de ser desfiliado por um ano.

General Lamadrid x Muniz011
O Muñiz regressa da Capital com o sentimento de dever cumprido. Agora busca se livrar de vez do descenso contra o Argentino de Merlo, em casa. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Já que a Primera D Argentina – ou Metropolitana – vem sendo a temática dessa semana, na quarta-feira O Cancheiro seguiu atrás de outra equipe com origens na Capital, mas que, ao contrário do General Lamadrid, precisou deixar a cidade e se assentar na Gran Buenos Aires.

Siga acompanhando e aquele abraço!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s