Em mais um reencontro com a torcida, Blumenau vence o Imbituba e assume a liderança isolada

Buenas!

Parece que agora vai. Depois de quase dois anos longe do futebol profissional, o Blumenau voltou a jogar no Complexo do SESI para a sua apaixonada e carente torcida. Em mais uma tentativa de voltar à ativa, com um projeto mais consolidado, a reestreia em casa foi contra o Imbituba, pela segunda rodada da Série C do Catarinense.

Blumenau Esporte Clube
O BEC, do treinador Viton, estreou em casa com: Bruno; Julinho (Baiano), Fugão, Alex Santos e Evandro (Marquinhos); Rosseti, Ygor, Andrey e Maurílio; Lucas Vaz e Lucas Souza (Robson). (Foto: Marco Aurélio Júnior/Blumenau EC)
Imbituba Futebol Clube
Walter Sousa escalou o Imbituba com: Caynã; Jonathan (Gabriel), Cortês, Willian Barcelos e Hanauê; Willian Leonel, Arthur Fuck (Isequiel), Rogério (Rafael Soares) e Luciano; Leonardo e Ronaldo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Blumenau x Imbituba
Fernando Henrique de Medeiros Miranda, da Liga Florianopolitana, apitou a partida, auxiliado por Fabiano Coelho da Silva e Eder Miguel Sacco. Marcelo Segalla foi o quarto árbitro. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Desde que o BEC fechou as portas, em 1998, todas as tentativas de fazer futebol na cidade acabaram frustradas – o maior sucesso foi o do Clube Atlético Metropolitano, hoje repleto de dívidas e sem nenhum título em mais de 15 anos. O próprio Blumenau Esporte Clube tentou ser ressuscitado de diversas formas, seja quando o próprio clube retornou em 2004 ou quando outros times tentaram se apropriar de suas cores e de sua história.

Blumenau x Imbituba12
Mais de 600 torcedores coloriram o SESI e apoiaram o BEC nesse novo retorno. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Na mais recente tentativa de retornar, o clube, com a sua denominação original, acabou esbarrando em uma má gestão que culminou na campanha desastrada na Série B de 2015 – O Cancheiro, em seus primeiros passos, cobriu duas goleadas sofridas pelo BEC, contra Concórdia e Hercílio Luz. Após o atual presidente Wanderlei Laureth assumir a bronca no meio da competição, o time acabou desistindo para fechar as portas novamente e reorganizar a casa.

Agora O Cancheiro também tem Instagram. Segue lá!

Aparentemente, nesse mais de um ano e meio, foi realizado um trabalho sério pela diretoria e os resultados em campo já começaram a aparecer. Depois de empatar dois jogos-treino contra a forte equipe do Brusque, o BEC estreou longe de casa e goleou a Caçadorense. A grande prova para o elenco blumenauense já pintou nessa segunda rodada, encarando o outro postulante ao acesso, que também vem de vitória na estreia, contra o CEC Orleans.

Blumenau x Imbituba37
Jogada pela lateral, observada atentamente pelos bons técnicos Viton e Walter Souza. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

E foi buscando matar a saudade de seu torcedor, que, com menos de três minutos, o Blumenau abriu a contagem no SESI. Willian Barcelos tentou fazer um lançamento, mas acabou mandando no peito de Lucas Vaz. O atacante dominou na meia-esquerda da cancha e arrancou praticamente em linha reta rumo à área, de onde desferiu um belo chute de cruzado rasteiro de canhota – Caynã até encostou na bola, mas não conseguiu evitar o gol.

Blumenau x Imbituba5
Lucas Vaz atravessou todo o campo de ataque para abrir o placar. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Blumenau x Imbituba11

A torcida, fazendo uma linda festa, nem precisou esperar muito tempo para comemorar. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Com mais posse de bola, o time da casa dominava completamente o jogo. Aos 20, o outro Lucas do ataque blumenauense, o Souza, recebeu uma bola enfiada e saiu na cara de Caynã, mas dessa vez o arqueiro fechou bem o ângulo e salvou. Cinco minutos depois, Luciano aproveitou uma bobeira do time do BEC no meio de campo, avançou pela direita e cruzou rasteiro para Ronaldo, que se esticou, mas não conseguiu mandar para o gol. Dois minutos depois, o centroavante teve outra chance de empatar, dessa em melhores condições, mas Bruno saiu da meta e desviou para a linha de fundo.

Blumenau x Imbituba8
Caynã sobe absoluto para ficar com a pelota. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Esses poucos minutos de apagão geral serviram para os blumenauenses acordarem no jogo. Aos 40, Maurílio recebeu fora da área e arriscou, mas a bola fez uma curva para fora e passou perto. No lance seguinte, após um verdadeiro entrevero quase na pequena área, o zagueiro Alex Santos pegou a bola e, como em um lance de mágica, limpou os três marcadores do Imbituba em um curtíssimo espaço, mas foi travado na hora do chute; a pelota sobrou para Fugão, o outro zagueiro do BEC, que veio de trás e encheu o pé para ampliar e marcar seu terceiro gol em duas partidas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Depois de abrir 2 a 0, outro apagão acometeu a equipe da casa. Dessa vez, ele durou praticamente toda a primeira metade da etapa final. Foi quando a Águia quase diminuiu com Hanauê, que bateu rasteiro de longe, mas a bola passou raspando a trave. Aos 15, foi a vez de Luciano, do alto de seus 41 anos, roubar pela direita, avançar sozinho e cruzar rasteiro para Leonardo, ex-Metropolitano, completar para as redes. Na sequência, o Imbituba seguiu pressionando, mas não chegou ao empate.

Blumenau x Imbituba22
Luciano roubou pela direita… (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Blumenau x Imbituba4
…avançou à linha de fundo como se fosse um guri… (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Blumenau x Imbituba6
…e cruzou para Leonardo entrar com bola e tudo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Ainda se reencontrando em campo, o Tricolor respondeu com duas finalizações bem parecidas de Maurílio e Lucas Souza, ambas colocadas e passando à direita de Caynã. Lucas Souza ainda teve outra boa oportunidade, dentro da pequena área, mas finalizou em cima do goleiro. Do outro lado, o Imbituba seguia encontrando espaços, mas pecando nas finalizações.

Blumenau x Imbituba21
Lucas Souza tenta passar no meio dos zagueiros Willian Barcellos e Cortês, mas é bloqueado. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Quando enfim cansou de pressionar, a esquadra do Sul acabou dando liberdade para os contra-ataques do time do Vale. Após um deles, aos 39, parado com falta pela esquerda, a bola foi chuveirada na pequena área e Ygor subiu sozinho para cabecear e fechar o placar. Sem forças para reagir, o Zimba ainda ficou um a menos após Rafael Soares perder a cabeça e dar uma tesourada no adversário.

Blumenau x Imbituba2
Enquanto teve pernas para suportar o encharcado gramado do SESI, o Imbituba pressionou. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O triunfo na briga direta pela ponta coloca o Blumenau em totais condições de assegurar o título do turno e uma vaga na final, já que ainda enfrenta o CEC Orleans, derrotado pelo próprio Imbituba na estreia, no próximo final de semana, e o frágil Porto, que estreou nessa segunda rodada com apenas nove jogadores em campo. Buscando correr atrás do prejuízo, o Imbituba, depois de folgar na próxima rodada, encara Caçadorense, fora, e Porto, em casa. Confira a tabela completa.

Mais fotos do jogo (a galeria completa vai estar na página do Facebook durante a semana)

Depois de dois finais de semana seguidos com a nossa querida Série C em pauta, as atenções do blog no próximo final semana estarão voltadas à Série D do Brasileiro e ao futebol amador – isso se a incessante chuva que cai sobre o Estado der uma trégua e as peleias não forem novamente adiadas.

Até logo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s