Imbituba faz o dever de casa contra o CEC Orleans e larga com três pontos na Série C

Buenas!

Ela voltou! A nossa querida e estimada Série C, sempre repleta de boas histórias, teve seu pontapé inicial no último final de semana. Mais uma vez, infelizmente, esvaziada, a Terceirona desse ano conta com cinco esquadras: duas do Sul, duas do Planalto e uma do Vale do Itajaí. Os dois sulistas, por sinal, já se enfrentaram na primeira rodada e lá seguiu O Cancheiro para acompanhar Imbituba e CEC Orleans, na portuária cidade do Litoral.

Imbituba Futebol Clube
Depois de posar às pressas para a foto, o Imbituba, do técnico Walter Souza, entrou em campo com Caynã; Jonathan, Cortês, Willian Barcelos e Hanauê (Matheus Oliveira); Tauan, Arthur Fuck, Rogério e Luciano; Leonardo (Isequiel) e Ronaldo (Luizinho). (Foto: Igor Fontana/Diário FC)
Curitibanos Esporte Clube
O CEC Orleans, comandado por Eduardo da Silva Rosa, estreou: com Kanan; Danilo, Denis Marques, Vinícius e Rafael (Alisson); Maranhão, Douglas, Leandro (Jonas) e Higor; Cainan e Leonardo (Oscar). (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Imbituba x Curitibanos Orleans
Arbitragem de Série A: Ramon Abatti Abel, Maicon Lemos Alves e Magnum Nazário Luz. Filipi Silveira Pacheco foi o quarto árbitro. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Desde os acessos de Inter de Lages e Blumenau, em 2013, que a C não reunia tantas equipes de tradição. Além do próprio BEC, mais uma vez tentando começar do zero, a Terceirona conta com duas equipes buscando o bicampeonato – Caçador, hoje denominada Caçadorense, e Porto – e a já entidade do futebol catarinense Curitibanos, hoje aportado em Orleans.

Imbituba x Curitibanos Orleans24
A fachada do Emília Mendes Rodrigues já foi mais bonita. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Imbituba x Curitibanos Orleans34
A partida foi disputada sob esse tempinho modorrento aí. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O nome CEC Orleans já dá uma pista de que o maior nômade do Estado vem com um projeto mais consistente. Depois de carregar Curitibanos por cidades como Paulo Lopes, Indaial, Ouro Verde, Imbituba e Canelinha, finalmente o clube levará o nome de sua atual sede. O projeto, na verdade, era que os orleanenses tivessem uma equipe própria, mas esbarraram nas taxas de profissionalização e, por isso, surgiu a parceria com o outrora Tricolor Paulopense.

Imbituba x Curitibanos Orleans25
Os Guerreiros da Colina ocuparam boa parte do setor visitante na primeira partida oficial do CEC Orleans. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Imbituba x Curitibanos Orleans9
No total, contando os quase 50 visitantes, o público beirou às duas centenas. Já é, de longe, a partida com mais torcida que O Cancheiro viu na Série C. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Do outro lado, o Imbituba busca retomar os anos de glória do final da década passada, quando tinha uma parceria com o Centro de Futebol Zico (CFZ). Depois da bela campanha que rendeu o título do Acesso em 2009, a Águia disputou a elite em 2010 e 2011. Em 2014, por problemas financeiros, o clube pediu licença da Segundona, cedendo seu lugar para o Blumenau.

Imbituba x Curitibanos Orleans23
A Águia a postos para voltar a alçar grandes vôos pelo futebol catarinense. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Disputando a Terceirona pela segunda vez consecutiva, o Imbituba montou um elenco experiente em competições amadoras e divisões inferiores – destaque para o meia Luciano, que fez história por mais de uma década no Chievo e chegou a jogar na Inter de Milão, mas, agora já quarentão, vem desfilando seu futebol pelo amador da região. O objetivo é deixar a fraca campanha do ano passado (3 vitórias em 9 jogos) para trás e brigar pelo acesso.

Imbituba x Curitibanos Orleans20
Luciano, ou Eriberto quando surgiu no Palmeiras, ficou mais de dez anos no Chievo e chegou a passar pela Inter de Milão. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Dentro da cancha, o Imbituba logo mostrou ao que veio aos três minutos. Depois de receber de Jonathan pela direita, Ronaldo, mesmo com pouco ângulo, aproveitou o escorregão do arqueiro Kanan e mandou de cobertura, abrindo o placar e marcando o primeiro gol da competição.

Imbituba x Curitibanos Orleans27
Com menos de quatro minutos, Ronaldo foi ao alambrado comemorar o primeiro gol dessa Série C. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Não foi só o goleiro que sofreu com o gramado encharcado. No meio da cancha, principalmente do lado de ataque do CEC, havia algumas poças que dificultavam as jogadas em velocidade e obrigavam as ações a ocorrerem pelos flancos. Mesmo assim, aos 10, Higor venceu a marcação aos trancos e barrancos pelo meio, cortou para a canhota e bateu firme, tirando tinta da trave.

Imbituba x Curitibanos Orleans36
Torcida orleanense cobra falta em Leonardo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Apesar do baque inicial, o time orleanense aos poucos foi se encontrando em campo e pressionando pelo empate. Nitidamente, o atual Curitibanos tem muito mais força e qualidade que o das últimas temporadas, quando virou o saco de pancadas, ao lado do saudoso Maga, da Série C. Ainda antes dos 20, o CEC chegou outras duas vezes: aos 13, em chute de Maranhão, que Leandro quase aproveitou o rebote, e aos 16, após Higor aplicar um chapéu na marcação e finalizar para fora.

Imbituba x Curitibanos Orleans28
Higor mostrou qualidade na meia-cancha do Curitibanos. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

A Águia do Litoral respondeu nos dez minutos seguintes com arremates de Tauan, desviado para a linha de fundo, e de Leonardo, após um lançamento com classe de Luciano e cruzamento de Jonathan. A pressão foi resultar no segundo gol aos 37, quando Ronaldo recebeu de Luciano, driblou Kanan – que mais uma vez não conseguiu sair do gol com segurança por causa do gramado molhado – e entrou com bola e tudo.

Imbituba x Curitibanos Orleans7
Enquanto Ronaldo celebra o segundo tento, a torcida orleanense lamenta ao fundo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Aproveitando o melhor momento, o Zimba subiu a marcação em busca do terceiro ainda no primeiro tempo. Aos 40, Maranhão tentou sair jogando para o CEC, Ronaldo roubou, mas mandou para fora. O artilheiro ainda teve outras duas chances, após cruzamentos de Luciano e Tauan, mas Kanan pegou ambas.

Imbituba x Curitibanos Orleans32
Antes da apresentação, Dênis Marques chegou a ser confundido pela torcida com o homônimo atacante, ex-Flamengo e Atlético-PR. Em campo, o zagueirão mandou bem e foi o melhor jogador do CEC. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Findados os melhores 45 minutos que O Cancheiro já viu na Série C, ficou a esperança de que o jogo seguisse movimentado e com qualidade no segundo tempo. Não foi o que aconteceu. O Imbituba seguiu pressionando em busca da goleada, mas parou em Kanan. Aos 7, ele quase aceitou um arremate de Arthur, mas, três minutos depois, salvou dois chutes seguidos do lateral Hanauê.

Imbituba x Curitibanos Orleans14
Leonardo tentou mandar colocado, mas a pelota subiu demais. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Imbituba x Curitibanos Orleans12
Pênalti em Leonardo sonegado por Ramon Abatti Abel. O juizão ainda tirou satisfações de forma efusiva com o atacante do Zimba, alegando que ele teria se jogado. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O Curitibanos, em sua melhor chance na etapa final, quase descontou aos 25: Higor cobrou falta na barreira, pegou o rebote e cruzou para Vinícius cabecear no travessão. O ímpeto rubro-verde ficou por aí. A Águia ainda tentou com Luizinho, o filho do presidente Robertinho, mas novamente parou em Kanan, que salvou com a mão trocada. Aparentemente sentindo o gramado pesado e a estreia em jogos oficiais, os dois times diminuíram o ritmo e foram cansando, sem forças para alterar o placar.

Imbituba x Curitibanos Orleans15
Luciano e Alisson travaram um interessante duelo pela direita do ataque imbitubense, no segundo tempo. Os dois já figuraram no blog pelo futebol amador: o meia, campeão municipal pelo Garopaba em 2015 e vice da Copa Sul com o Metropolitano de Nova Veneza em 2016, e o lateral, autor do gol do XV de Indaial na derrota por 9×1 para o Metropolitano, nesse ano. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

A vitória já coloca o Zimba na parte de cima da tabela, confirmando um certo favoritismo. Outro apontado como forte candidato ao acesso, o Blumenau foi a Caçador e também voltou com três pontos, ficando a frente no saldo de gols – fez 4 a 1 na Caçadorense.

Confira algumas imagens da estreia (a galeria completa estará, em breve, na página d’O Cancheiro no Facebook)

Imbituba e Blumenau já fazem um grande duelo pela liderança na próxima rodada, no Complexo do Sesi – O Cancheiro estará por lá. O CEC Orleans, por sua vez, busca os primeiros pontos no Norte do Estado, contra o estreante e até agora enigmático Porto. Ambos embates estão marcados para o próximo domingo, às 15h30. Confira a tabela completa.

Sigamos com o futebol interiorano em sua essência e até a próxima!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s