Almirante Barroso e Inter de Lages não saem do zero em seu primeiro teste para o Catarinense

Salve!

Voltando de São Paulo, depois da exaustiva cobertura da Copinha, O Cancheiro parou às margens da BR 101, a 100 quilômetros de Floripa, para mais um jogo perdido. Em Penha, no campo do São Nicolau, Almirante Barroso e Internacional de Lages fizeram seu primeiro teste visando o Campeonato Catarinense. O jogo era treino, nem os uniformes oficiais foram utilizados, porém não perderíamos a oportunidade de ver os primeiros passos das duas equipes em 2017.

Com vários remanescentes da campanha vitoriosa da Segundona, o Almirante Barroso buscou um nome de peso para o ataque: o centroavante Schwenck, ex-Figueira, Joinville, Criciúma e mais uma penca de times. Diogo Dolem, de boa campanha pelo Barra na Segundona, também chegou para reforçar o clube itajaiense – o jovem meia tem passagens recentes por Metropolitano e Inter de Lages, pelos quais fardou no Catarinense.

almirante-barroso-x-inter-de-lages11
Carlos Henrique, um dos destaques do Barroso na Segundona, foi mantido para o Catarinense. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O Colorado, por sua vez, manteve poucos nomes da Série D do ano passado. Entre o time que começou jogando na eliminação para o Ituano e o desse jogo-treino, apenas Neto Volpi, André Gava, Mateus Arence e Cristian Lucca permaneceram em Lages. O Inter esperava contar também com Marcelinho Paraíba, seu destaque em 2016, mas o quarentão esteve envolvido num imbróglio entre as duas equipes de Campina Grande; o meia chegou a acertar com o Campinense, voltou atrás, era tido como certo no Inter, mas fechou com o Treze.

almirante-barroso-x-inter-de-lages49
A peleja foi disputada em uma área rural de Penha, às margens da BR 101. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Para o primeiro tempo, Joel Cornelli escalou o Colorado Lageano com Neto Volpi; Duda, Cristian Lucca, Marcos Vinícius e Jefinho; Bruno Sena, Michel Schmöller, André Gava e Mateus Arence; Luizinho e Paulo Henrique. Já o ex-arqueiro Renê Marques montou a primeira equipe barrosista com Rodolfo; Chuva, Lucena, Téssio e Rodolfo Ferreira; Van Basty, Rodrigo Couto, Diogo Dolem e Safira; Carlos Henrique e Schwenck.

almirante-barroso-x-inter-de-lages8
Rola a bola no campo do São Nicolau. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Com a pelota rolando pelo irregular relvado, a falta de entrosamento era nítida, principalmente pelo lado do Inter. O primeiro tempo foi bem amarrado, com a posse de bola bem equilibrada entre as equipes. Com pouco espaço, o melhor chute saiu do meio de campo, dos pés de Schwenck, mas o vento atrapalhou e tirou a bola do rumo do gol. Ventania que atrapalhava, também, as bolas paradas, ora aplicando curvas bizarras à bola, ora mandando ela diretamente para a linha de fundo.

juventus-x-figueirense7
O ex-goleiro Renê Marques reuniu sua equipe no meio de campo para dar as instruções para o segundo tempo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
juventus-x-figueirense6
Joel Cornelli demonstrou, peça por peça, como queria o posicionamento do Inter na segunda etapa. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Após o intervalo, a única mudança foi a entrada de Edmar no lugar de Rodolfo sob a meta barrosista. Joel Cornelli esperou 15 minutos para mudar completamente o time do Inter: Nei; Elon, Marco Aurélio, Dantas e Ganso; Kassiano, Gabriel, Igor e Marquinhos, Léo Prá e Douglas. Tirando o arqueiro Nei, que jogou a Segundona pelo Barra, o time da segunda etapa contava apenas com jovens de 16 a 20 anos, jogadores em teste ou emprestados por grandes clubes do Brasil.

A gurizada entrou querendo mostrar serviço e colocou a defesa barrosista para correr. As melhores chances lageanas aconteceram nessa meia hora restante de jogo. Percebendo que ficou para trás, Renê foi mudando o time de Itajaí aos poucos. Quando Tainan Bordignon Somensi apitou o final da partida, o Almirante Barroso já era totalmente diferente daquele que começou: Edmar; Borelli, Marcão, Zé Luis e Neto; Buiú, Caio, Eduardo e Bruno; Pedro Hulk e Abner. O arqueiro barrosista, por sinal, contribuiu para que o medonho 0 a 0 permanecesse no placar ao salvar, num lance de puro reflexo, uma bola rebatida pela zaga no finalzinho do jogo.

almirante-barroso-x-inter-de-lages18
Edmar entrou bem no segundo tempo, garantido o placar zerado no jogo-treino. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Galeria de fotos do jogo-treino

46 anos depois, o Almirante Barroso voltará a figurar com toda a sua tradição no Campeonato Catarinense. A estreia será diante do Joinville, no gramado sintético do Camilo Mussi. Antes disso, a equipe ainda viria fazer um jogo-treino com o Avaí em Águas Mornas, interrompido por uma tempestade quando o Leão vencia, seguido de um embate em casa, contra o Metropolitano, a ser realizado no próximo sábado, 21.

O Inter, não menos tradicional, vai para sua terceiro temporada seguida na elite catarinense. O objetivo, assim como o do Barroso, é se manter na Série A e beliscar uma vaguinha na D nacional. Para isso, a caminhada começa em Chapecó contra uma reestruturada Chapecoense. Pela pré-temporada, outros dois jogos-treinos foram realizados: derrota para o Figueirense por 4 a 2 e vitória sobre o Passo Fundo por 2 a 1. Um terceiro teste – o mais forte de todos – deverá ser realizado em Viamão, contra a equipe principal do Inter de Porto Alegre.

O Cancheiro, em ritmo de férias, segue acompanhando um pouco da pré-temporada das equipes catarinenses e gaúchas. O próximo post por aqui, inclusive, colocará frente a frente um time do Gauchão contra outro novato do Catarinense.

Até logo!

Um comentário sobre “Almirante Barroso e Inter de Lages não saem do zero em seu primeiro teste para o Catarinense

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s