João Paulo II fica no zero com o Liverpool e está eliminado da Liga dos Campeões

Salve!

Em plena manhã de um domingo , O Cancheiro acordou mais cedo e rumou a Palhoça, para a primeira parte de mais uma rodadinha dupla. Atravessando a Ponte do Imaruim, chegamos ao Estádio João Miguel, casa da Vossa Santidade João Paulo II. Lá, o campeão palhocense de 2014 recebeu o Liverpool, em partida valida pelo Grupo A da Liga dos Campões da Grande Florianópolis.

João Paulo II x LiverpoolCSC_0260-11
João Paulo II: Rafael; Natan, Lucas, Apolinário e Bruno; Foguinho, Gustavo, Matheus Coelho e Benedet; Morte e Renan. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
João Paulo II x LiverpoolCSC_0259-10
Liverpool: Bruno; Tiago, Boca, Gil e Frango; Urso, Juninho (o da Barra), Beto e Luiz Henrique; Leko e Juninho. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

As equipes entraram em campo separadas por apenas um ponto, mas em situações completamente distintas. O Liverpool, com sete pontos e líder da chave, só seria eliminado em caso de goleada. Ao contrário do João Paulo que, em terceiro, tem a obrigação de vencer – se empatar, iguala a pontuação do Grêmio Paulo Lopes, mas perde no saldo.

João Paulo II x LiverpoolCSC_0261-12
Trio composto por Túlio Portela, Valcioni Laurindo da Rosa e Thiago Célio dos Santos. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Enquanto o João Paulo II faz sua estreia no blog, o Liverpool já teve um jogo relatado por aqui: a vitória sobre o Noroeste, que livrou a equipe do Aririú da Formiga do rebaixamento na Liga Palhocense. O time da Ponte do Imaruim, pelo contrário, brigou até o fim pelo título da Primeira Divisão, sendo eliminado nas semifinais pelo Paissandu.

João Paulo II x LiverpoolDSC_0218-1
A maior taça, literalmente, do João Paulo II. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
João Paulo II x LiverpoolCSC_0263-14
Galeria de troféus do time da Ponte do Imaruim. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Na partida dessa manhã, as equipes entraram em campo de forma sonolenta – torcedores comentavam que seria a ressaca de sábado. Descubra! O João Paulo II, precisando do resultado positivo, até dominava as ações ofensivas, mas não oferecia nenhum perigo ao adversário. Antes da necessária parada técnica na metade da primeira etapa, a chance mais clara saiu no lado do Liverpool, quando a bola sobrou para Leko encher o pé e mandar no ângulo, mas o goleiro Rafael voou para espalmar.

João Paulo II x LiverpoolCSC_0257-9
Rafael voou para espalmar o chute de Leko. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Mesmo depois de tomar aquela aguinha e receber orientações de seus respectivos treinadores, ambas as equipes mantiveram o fraco nível técnico, causando a ira de quem levantou mais cedo para acompanhar a peleja. Novamente, apesar da maior posse de bola do adversário, quem quase chegou ao gol foi o time visitante: Luiz Henrique roubou a pelota no meio de campo, ganhou na correria, mas foi derrubado na entrada da área; a cobrança até levou perigo, mas não foi capaz de levar a partida para o intervalo com ao menos um gol no placar – no lance, Luiz Henrique acabou se machucando e teve que ser substituído por Denis.

João Paulo II x LiverpoolCSC_0252-6
Peleia no meio de campo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Quem esperava um segundo tempo melhorzinho, se decepcionou completamente. O time da casa seguia em busca do gol da classificação – que, de quebra, alçaria o time à liderança -, mas novamente não infiltrava a área adversária, se resumindo às bolas paradas e chutes de fora da área. Em uma dessas tentativas, já aos 40, Gustavo arriscou, Bruno não encaixou, mas se recuperou dando um chutão para o lado e afastando o perigo.

João Paulo II x LiverpoolDSC_0191-15
Depois de ouvir que esse jogo estava uma “pelada”, o juizão Túlio Portela soltou uma resposta bem humorada, mas imprópria para um blog de bem como O Cancheiro. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Nem a subida do goleiro Rafael à área, no último lance do jogo, foi capaz de fazer o time com o nome de papa chegar ao milagre de marcar um gol nessa partida. O zero a zero só foi bom para o Liverpool, que garantiu a liderança do grupo e a vantagem de decidir a vaga para a final em casa – até por isso o time visitante se abdicou de jogar na segunda etapa.

 

Na outra chave, com um time a menos e decidida desde a semana passada, o Bola na Rede terminou na liderança. O time de Biguaçu agora enfrenta o Grêmio Paulo Lopes em uma das semifinais. Na outra, o Liverpool pega o Cascalho, também de Palhoça.

Enquanto o imbróglio da Interligas, envolvendo Grêmio Cachoeira e Náutico, não é resolvido, a Liga dos Campões segue como alternativa de futebol amador na Grande Florianópolis.

Hoje, como citado lá na abertura do post, teríamos uma rodada dupla. O destino da tarde fica mais ao sul: Tubarão. Humaitá e Araranguá entram em campo pelas quartas-de-final da Copa Sul, mas isso é conversa para daqui a pouco.

Em meio a um golpe em curso, me despeço e deixo um até logo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s