Garcia goleia Cachoeira e adentra o G4 da Terceirona da Capital

Opa!

Seguindo com as andanças pela Ilha, acompanhei mais uma equipe do bairro Carianos em ação. Depois de marcar presença no jogo do vizinho rico Avaí pela manhã, à tarde foi a vez do Garcia dar as caras por aqui. Pelo fato do bairro não contar com um campo, sem ser a própria Ressacada – já imaginou um jogo do amador por lá?! -, o time manda seus jogos no Saco dos Limões. Foi lá que a equipe vermelha e cinza recebeu o Cachoeira para um embate pela Terceirona da Capital.

Garcia Esporte e Lazer
O Garcia Esporte e Lazer começou jogando com: Ismael; Pulga, Toledo, Willian e Marlon; Pedrinho, Fernando e Kléber; Juninho, Kelvin e Max (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Cachoeira Esporte Clube
Time titular do Cachoeira: Lucas Bayer; Sérgio, Fábio, Teno e Willian; Edinho, Durval, Bruninho e Godo; Alexsandro e Dyogo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Garcia x CachoeiraCSC_0058-16
Trio de arbitragem composto por Paulo Sérgio Martins, Adenilson Teófilo Cardoso e Rafael de Medeiros. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O Garcia foi campeão da mesma divisão na temporada de 2014. Em 2015, porém, acabou desistindo da Segundona e participou apenas da Copa Floripa, da qual foi eliminado após duas goleadas para o Avante – na segunda, inclusive, a partida durou apenas 23 minutos, devido à falta de jogadores do Garcia. O time do Carianos chega a essa quinta rodada com 50% de aproveitamento – duas vitórias e duas derrotas. O Cachoeira, por sua vez, vem de uma eliminação para o União da Vargem do Bom Jesus no ano passado e, nesse ano, busca voltar à Segundona; para isso, está na zona de classificação às semifinais, com sete pontos.

Garcia x CachoeiraCSC_0076-3
Time do Carianos manda seus jogos no Saco dos Limões. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Com a bola rolando, o time que mais lutou pela terceira vitória na competição foi o Garcia. Logo nos primeiro minutos, após troca de passes no ataque, a bola sobrou para o lateral-direito Pulga chegar batendo e quase abrir o placar. Pouco depois, a resposta do time da Cachoeira do Bom Jesus veio após um chute de Bruninho, que o goleiro Ismael não encaixou e Dyogo quase aproveitou.

Garcia x CachoeiraCSC_0055-14
Godo amarelado por reclamação no começo da partida. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Fraco tecnicamente, o jogo seguiu durante a primeira etapa com o Garcia apostando na bola no chão e o Cachoeira fazendo ligações diretas. Em duas oportunidades ofensivas, o técnico Rui Garcia, do time homônimo ao seu sobrenome, esbravejou com a arbitragem, reclamando penalidades: na primeira, Kelvin cortou o marcador e caiu, mas Paulo Sérgio Martins, o Paulinho, assinalou simulação e ainda amarelou o atacante; logo depois, Kléber enfiou para Juninho, cara a cara com o goleiro, dar um drible curto e se chocar, indo ao chão, mas dessa vez nada assinalou o senhor do apito.

Garcia x CachoeiraCSC_0054-13
Ismael dando uma de Neuer. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

A peleja prosseguiu pra lá de murrinha até os 40 minutos. Foi quando a bola sobrou para Max, do Garcia, avançar em direção ao gol e, com toda a tranquilidade do mundo, dar um toquinho e deixar o goleiro Lucas Bayer sem reação. O placar enfim aberto coroou uma atuação levemente melhor da equipe mandante durante toda a primeira etapa.

Garcia x CachoeiraCSC_0051-10
Max saiu na cara de Lucas Bayer e só deu um toquinho para abrir o placar. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Como era de se esperar, o segundo tempo foi consideravelmente mais emocionante, visto que o Cachoeira avançou em busca do empate e deixou brechas para o rápido ataque do Garcia. Com a bola nos pés, o Garcia se inspirou no outro modesto time que jogava naquele mesmo horário, o Barcelona, e chegou ao segundo gol de forma brilhante: pela esquerda, Kelvin tabelou com Juninho e tocou para Max, dentro da pequena área, que ainda rolou para Kléber chegar chutando rasteiro.

Garcia x CachoeiraCSC_0077-4
Frente ao bom toque de bola do rival, o Cachoeira apostava em chutes de fora da área. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O segundo gol saiu aos 9. 11 minutos depois, lá estava o tiki-taka cariano funcionando novamente: Kelvin e Juninho fizeram outra tabelinha e a bola chegou em Max, que ainda teve a felicidade de, pela segunda vez, dar uma assistência; dessa vez, foi para o próprio Kelvin que, entre os marcadores, conseguiu se livrar e mandar para as redes, na saída de Lucas Bayer.

Garcia x CachoeiraCSC_0079-6
Rui Garcia faceiro pelos segundo e terceiro gols, bem trabalhados por seus comandados. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Com o claro objetivo de segurar o placar e se poupar, o técnico Rui Garcia aproveitou todos os jogadores que estavam à disposição no banco de reservas – até o goleiro Valdir entrou no lugar de Ismael. Mesmo com poucos minutos em campo, o goleirão reserva teve tempo de salvar uma, saindo nos pés de Bruninho, que estava prestes a marcar o gol de honra. Mas, no final, quem mexeu novamente no placar foi o Garcia. Valdir, que talvez não tenha a mesma habilidade com os pés, deixou que Toledo cobrasse um tiro de meta, aos 44; o petardo do zagueirão atravessou todo o campo com um destino certo: o meia-atacante Kelvin, que avançou com a bola e bateu rasteiro, marcando o quarto e último gol. O juizão sequer esperou o final do tempo regulamentar e apitou o final da peleia.

Garcia x CachoeiraCSC_0075-2
Valdir entrou no segundo tempo e ajudou a garantir o placar zerado para o Cachoeira. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O triunfo coloca a equipe do Sul da Ilha entre os quatro primeiros colocados e deixou o time do Norte na quarta colocação, dependendo dos resultados de domingo para permanecer no G4. Basta uma vitória do Unidos, contra o Flamengo, para que o Cachoeira caia para a quinta posição. Paula Ramos Jr. x Vila e Zaire x Jurerê completam a rodada.

Garcia e Cachoeira voltam a campo no próximo final de semana. Ambos jogam em Jurerê: o Cachoeira, no sábado, recebe o Unidos; no domingo, o Garcia visita o Jurerê.

O Cancheiro, por sua vez, também volta no próximo final de semana, porém longe da Grande Florianópolis. Fique ligado e descubra o destino nos próximos capítulos.

Aquele abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s