VT Canto bate Pescador e larga na frente na Interligas

Buenas!

Começou a Interligas! E que bela tarde de sábado para a pelota voltar a rolar pela Grande Florianópolis. Com jogos em Santo Amaro da Imperatriz, Palhoça e Florianópolis, escolhi voltar à Ilha e me dirigir ao bairro Rio Tavares, onde o VT Canto da Lagoa receberia os gancheiros do Pescador Catarinense no Estádio Padre Bertoldo Braum.

Pescador Catarinense Futebol Clube
O Pescador entrou em campo com Felipe Lopes; Vitor, Heron, Jucemar e Riva; Camarão, Lelê, Jaquinho e Thiago Porto; Marcelo e Fabrício. (Foto: José Tiago de Albuquerque)
DSCN8108_1024x607
Time do VT Canto que começou jogando: Jailson; Mael, Fabinho, Boboco e Sagaz; Artur, Fralda, Fábio e Tche; Felipe Gardena e Tita. (Foto: José Tiago de Albuquerque)

O time florianopolitano se credenciou a participar da Interligas pelo seu inédito título da Copa Floripa. No Municipal, por sua vez, a equipe não passou das quartas-de-final, quando quase surpreendeu o campeão Grêmio Cachoeira. Já os alvirrubros de Governador Celso Ramos fizeram uma campanha surpreendente na Liga da Comarca de Biguaçu (LICOB), perdendo a chance de chegar ao tetra-campeonato na final contra o Fundos.

Apontado como azarão do Grupo A, o estreante VT Canto sabia da importância da partida frente ao Pescador, visto que Estrela Azul e Cerâmica Silveira, os outros integrantes da chave, são considerados os favoritos às vagas diretas para as quartas. Com um time diferente daquele que levantou a Copa Floripa – a principal novidade é Felipe Gardena -, o VT partiu para o ataque desde o princípio da partida. O Pescador, em sua quarta participação na Interligas, começou a partida de forma burocrática, com mais posse de bola, mas nenhuma objetividade e sem a pegada necessária para uma competição desse porte.

VT Canto x PescadorCSC_0272-9
Felipe Gardena fez sua estreia pelo VT Canto. Em 2015, ele defendeu as cores do Atlético Catarinense, na primeira divisão de Floripa, e do Botafogo, na segunda. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O primeiro tempo, marcado pelo forte calor, se arrastou sem grandes emoções. Pelo lado dos mandantes, Mael e Gardena tiveram as melhores chances; a primeira foi encaixada pelo arqueiro Felipe e a segunda foi desviada e passou perto. O Pescador respondeu em bela cobrança de falta de Riva, mas nada do placar sair do zero. Situação que se estendeu até o último lance antes do intervalo. Em cobrança de falta da entrada da área, Tita, o centroavante do VT Canto, mirou o ângulo e, com extrema maestria e muita força, foi lá que guardou a pelota.

VT Canto x PescadorCSC_0224-2
Tita soltou a pancada… (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
VT Canto x PescadorCSC_0221-12
…e a bola encontrou o ângulo – oferecimento: “Uai di Minas, O Armazém Mineiro”. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

No intervalo, trocando uma ideia com o também fotógrafo Tiago Albuquerque, percebi que não era apenas eu que havia ficado decepcionado com os péssimos primeiros 45 minutos da Interligas. Mesmo com o placar favorável, a irreverente torcida ainda continuava cobrando sua equipe, mas por outro motivo: “Pô, Tita, fez o gol e nem veio comemorar junto”. O atacante sorriu e prometeu agradar seus torcedores no segundo tempo. Também pudera, a proposta foi boa: “Atravessa o campo e vem aqui que eu te pago aquela gelada!”.

VT Canto x PescadorCSC_0271-8
A camisa do Pescador até era bonita… (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
VT Canto x PescadorCSC_0227-3
…, mas esse número é lamentável. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Como não poderia deixar de ser e devido ao novo cenário da partida, a segunda etapa foi completamente diferente. O alvirrubro fazia de tudo para pescar o golzinho de empate, enquanto os mandantes aproveitavam as jogadas em velocidade pelos cantos. Logo aos 4, a defesa do VT Canto ficou observando um lançamento para Fabrício, mas o atacante desperdiçou a oportunidade, batendo para defesa do experiente Jailson. Quatro minutos depois, Patrick finalizou, mas a bola desviou na zaga.

VT Canto x PescadorCSC_0239-6
Jailson quase foi driblado, mas se recuperou. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Naturalmente, a esquadra gancheira, com uma postura ofensiva, deixaria sua retaguarda desguarnecida. Era tudo que os rápidos Felipe Gardena, Tche e, posteriormente, Wallace queriam. Na primeira oportunidade, Tche enfiou a bola para Gardena cortar o marcador e bater sobre a meta. No lance seguinte, o atacante carregou a pelota desde o meio-campo e retribuiu o favor, deixando o camisa 10 na cara do gol, mas o chute foi abafado pela zaga. Tita também teve ótima chance de ir para o abraço da torcida, após novo contra-ataque puxado por Gardena.

VT Canto x PescadorCSC_0277-11
Gardena infernizou a zaga rival durante os 90 minutos. Mas também abusou de perder gols. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Do outro lado, o Pescador não conseguia infiltrar na zaga adversária, apostando em chutes perigosos de fora da área com Lelê, Jaquinho, Patrick e Valderrama. Entretanto, quanto mais corria o tempo, mais buracos surgiam na defesa. Wallace, que recém havia saído do banco, quase fez um gol antológico ao chapelar um marcador na entrada da área e bater de canhota para fora. O segundo gol que teimava em não sair veio apenas aos 35, quando o mesmo Wallace ganhou na meia-cancha e carregou a bola até a área, onde finalizou de forma certeira.

VT Canto x PescadorCSC_0228-4
Cobrança do zagueiro Fabinho ficou na zaga. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Se nada pôde fazer enquanto perdia apenas por 1 a 0, não seria apenas em 10 minutos que o empate viria. Para piorar a situação, após uma confusão entre o bandeirinha e o juiz, onde o primeiro marcou falta e o segundo deixou rolar, o atacante Guga foi expulso por reclamação, alegando má fé do árbitro. Mesmo assim, nos acréscimos, Luan quase descontou em um balaço de fora da área e Wallace quase ampliou após uma saída estabanada do goleiro Felipe.

VT Canto x PescadorDSC_0267-13
Tita ficou devendo, mas a vitória veio. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Ótimo resultado para o VT Canto em sua estreia na Interligas. O time já larga na frente em um imprevisível grupo, composto ainda pelos santoamarenses do Estrela Azul e pelos palhocenses do Cerâmica Silveira, os dois últimos vice-campeões da Interligas e que se enfrentam na tarde de domingo (06), em Santo Amaro do Imperatriz – ao mesmo tempo em que O Cancheiro estará presente na estreia do Juventus contra o atual bicampeão Grêmio Cachoeira (confira a tabela atualizada aqui).

Fica aqui, no lugar de um até logo, um até amanhã!

Um comentário sobre “VT Canto bate Pescador e larga na frente na Interligas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s