Avaí vence Inter de Lages e garante melhor campanha disparada nos juniores

É feriado, mas O Cancheiro não tem folga. Nesse 7 de setembro, acompanhei mais um embate pelo Campeonato Catarinense de Juniores. Válido pela última rodada dos pontos corridos, Avaí e Inter de Lages se enfrentaram em Santo Antônio de Lisboa, no gramado sintético do ARCE Avante. Para efeitos de classificação, o jogo não valia absolutamente nada, visto que o Avaí liderava a competição com 9 pontos de vantagem sobre o rival Figueirense, enquanto o Inter figurava na insonsa sétima posição, sem chances de passar nem ser ultrapassado.

Avaí foi pra cima do Inter em busca da revanche pela derrota no primeiro turno, em Lages. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Avaí foi pra cima do Inter em busca da revanche pela derrota no primeiro turno, em Lages. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Dessa vez, as condições climáticas ajudaram, ao contrário do que ocorrera no domingo, quando havia previsto uma rodada dupla da Segunda Divisão do Municipal de Florianópolis, adiada devido às fortes chuvas. O jogo dessa segunda não foi válido pelo campeonato da Ilha, mas tive a oportunidade de conhecer mais uma cancha amadora de Floripa, Henrique de Arruda Ramos, casa do Avante, eliminado nas quartas-de-final do Municipal. Cheguei em cima do laço ao belíssimo bairro de Santo Antônio de Lisboa e, depois de uma certa negociação com os seguranças e o delegado da partida, que exigia uma identificação de que realmente curso jornalismo, pude adentrar a cancha, porém com a bola rolando. Enquanto aguardava, junto ao alambrado, percebi que o Avaí mandaria na partida e não teria maiores problemas para dominar o Inter e chegar à vitória.

Melhores chegadas da equipe azurra foram pelos lados, porém nenhum cruzamento conseguiu ser finalizado para as redes. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Melhores chegadas da equipe azurra foram pelos lados, porém nenhum cruzamento conseguiu ser finalizado para as redes. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

A superioridade do time da capital na meia-cancha era clara. Se houvesse condições de calcular a posse de bola, seria constatado uns 70% para o Avaí, no mínimo. Entretanto, esse domínio não resultou tantas chegadas perigosas, visto que a equipe azurra rodava muito a bola, mas não adentrava a grande área. Numa das primeiras infiltrações, quando já eram decorridos mais de 30 minutos de jogo, Luizinho foi derrubado por Bruno e o árbitro André Martinho Miguel prontamente assinalou a marca da cal. Na cobrança da penalidade, Raphinha bateu com força, a meia altura, abrindo o marcador para os mandantes.

Juninho ia invadindo a área quando foi atropelado por Bruno. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Juninho ia invadindo a área quando foi atropelado por Bruno. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O final da primeira etapa não apresentou muitas diferenças na postura de ambas equipes. A melhor chance do Colorado Lageano saiu de uma falha bizonha da zaga avaiana, quando Bruno quase aproveitou uma trombada entre o zagueiro Gabriel e o goleiro Bruno Ramos. Aos 40, depois de uma excelente triangulação entre o ataque do Avaí, Raphinha finalizou na saída de Anderson, mas o arqueiro saiu bem e fechou o ângulo, efetuando uma baita defesa. O placar voltou a ser alterado ainda antes do intervalo, nos acréscimos, quando Vinícius Baiano recebeu pelo meio, ganhou na velocidade do marcador e bateu firme de canhota, ampliando para o Leão da Ilha.

O goleiro Anderson se esticou, mas não conseguiu pegar o bom chute de Vinícius. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
O goleiro Anderson se esticou, mas não conseguiu pegar o bom chute de Vinícius. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Depois do descanso de 15 minutos, os técnicos fizeram algumas mudanças em suas equipes, porém o quadro da partida continuou o mesmo: o Avaí com a posse de bola e o Inter se defendendo bem. Aos 6, Vinícius recebeu sozinho um bom lançamento, mas o goleiro Anderson saiu da área e interceptou com os pés, lembrando aquele famoso arqueiro da Alemanha, cujo nome sempre é lembrado em jogadas desse tipo. Mas não é assim tão fácil ser um Neuer. Dez minutos depois, Juninho descolou outro excelente lançamento, mas lá estava Anderson para interceptar não só a bola, mas também o atacante do Avaí. Pênalti claro e cartão vermelho para o pseudo Neuer de Lages. Raphinha novamente foi para a bola e não desperdiçou, marcando seu segundo gol de pênalti.

Em determinando momento, Anderson saiu extraordinariamente bem do gol, evitando o terceiro gol... (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Em determinando momento, Anderson saiu extraordinariamente bem do gol, evitando o terceiro gol… (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
porém, logo depois, saiu de forma estapafúrdica, tirando tudo que tinha pela frente, seja a própria bola ou o jogador adversário. Pênalti e vermelho pro arqueiro. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
porém, logo depois, saiu de forma estapafúrdica, tirando tudo que tinha pela frente, seja a própria bola ou o jogador adversário. Pênalti e vermelho pro arqueiro. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Com o 3 a 0 a favor e liderança do campeonato garantida com semanas de antecedência, o Avaí nem se interessou muito em ampliar o placar, tocando a pelota e esperando o tempo passar. O Inter, um tanto abatido pelo placar e sem maiores interesses pelo resultado, também não teve forças para chegar ao gol de honra. A melhor chance dos lageanos aconteceu aos 35, quando Weslen recebeu na área, puxou para a canhota, mas isolou.

O jogo foi disputado sob o gramado sintético do Avante. Durante a semana, ele se transforma em 4 quadras de fut7, motivo das confusas marcações em amarelo. O jogo foi disputado sob o gramado sintético do Avante. Durante a semana, ele se transforma em 4 quadras de fut7, motivo das confusas marcações em amarelo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
O jogo foi disputado sob o gramado sintético do Avante. Durante a semana, ele se transforma em 4 quadras de fut7, motivo das confusas marcações em amarelo. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Findado o tempo regulamentar, mais os três de acréscimos, o Avaí ficou com a vitória em uma excelente atuação. A goleada dá mais confiança para as semifinais contra o Criciúma, previstas para ocorrerem nos dois próximos sábados, 12 e 19 de setembro. O outro finalista será conhecido no duelo entre Joinville e Figueirense, 2º e 3º colocados, respectivamente.

Galeria com fotos da peleia sobre o gramado sintético:

Nos próximos dois finais de semana, a cobertura dos mata-matas decisivos nos juniores será feita em paralelo com as finais do Campeonato Municipal daqui da Ilha. Fique ligado!

Um comentário sobre “Avaí vence Inter de Lages e garante melhor campanha disparada nos juniores

  1. […] Das quatro rodadas realizadas até o momento, O Cancheiro esteve presente em três. Duas delas contaram com a presença do Figueira: o empate contra o Joinville, no Norte do Estado, e a derrota para o Avaí, em pleno Orlando Scarpelli. O Inter, pelo contrário, não figura por aqui há cerca de dois anos, quando também foi derrotado para o Leão da Ilha – e, curiosamente, pelos mesmos 3 a 0. […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s