Juventus bate Paraíso e conquista a primeira vitória na Interligas

O quão forte pode ser um discurso motivador? Seria capaz de fazer um time triunfar, mesmo após 8 partidas disputadas em um mesmo torneio, com 8 derrotas e 36 gols sofridos? Em São José, o Juventus e seu novo comandante, Nathan Búrigo, provaram que sim, a equipe pode ter um futuro menos nebuloso ainda nessa edição. Em duas participações na Copa Interligas, o atual vice-campeão josefense acumula um histórico de 5 gols marcados e 36 sofridos. Contra o Paraíso, de Palhoça, a equipe entrou em campo buscando traçar uma nova caminhada dentro do torneio.

Juventus x ParaísoCSC_0262-10
Juventus começou com Ibraim; Muçum, André, Alex e Lipe; Gabriel, Carlos, Índio e Gabi Porto; Vitinho e Carlão. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Juventus x ParaísoCSC_0197-1
Onze iniciais do Paraíso: Héder; Renato, Marlon, Dario e Polidoro; Jaisson, Samuca, Dyogo e Marciel; Bruno e Sarda. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Juventus x ParaísoCSC_0263-11
Trio de arbitragem composto por André Silveira, Renato Erdmann e Luiz Gustavo Ferreira de Souza. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Na verdade, Nathan só assumirá a equipe na primeira rodada do returno. Entretanto, na partida desse domingo, ele ficou ao lado da equipe, tanto na preleção, quanto no banco de reservas. “Vamos jogar pela honra”, bradava o comandante dentro do vestiário, ao lado do presidente e até então técnico Christiam Luiz.

Juventus x ParaísoCSC_0261-9
Pai e filho: Carlão e Duduzinho. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O discurso se estendeu de forma a, inclusive, atrasar o começo da partida, marcado para as 14h30. Quando enfim a bola rolou, os onze jogadores de azul demonstraram uma raça descomunal. Raça que quase cedeu um pênalti para o Paraíso, aos 10 minutos, quando Samuca foi atropelado dentro da área. Em compensação, no lance seguinte Gabi Porto avançou e caiu dentro da área. Em ambos os lances, bem discutíveis, o árbitro André Silveira nada marcou.

Juventus x ParaísoCSC_0311-16
Índio colocou a bola no ângulo, mas um defensor do Paraíso salvou. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Com a marcação forte imposta pelo Juventus, o Paraíso, mesmo com um um time mais técnico, não conseguia trocar três passes seguidos no campo de ataque. Dessa forma, o primeiro tempo se arrastou sem muitas emoções – para não dizer que não teve nenhuma, Gabi e Vitinho arriscaram depois dos 40, mas a primeira passou raspando a trave e a segunda saiu fraca, mas mãos do goleiro Héder.

Juventus x ParaísoCSC_0307-13
Torcida feminina do Juventus marcou presença no Complexo do Ipiranga. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Quando a bola voltou a rolar para a segunda etapa, pouco coisa mudou. Mesmo com um time diferente daquele que terminou a primeira etapa (Duda e Patrick entraram), o Paraíso seguiu sem conseguir colocar a bola no chão. Na melhor oportunidade da equipe palhocense, aos 12, Duda recebeu no bico da área e bateu cruzado, para a defesa de Ibraim.

Juventus x ParaísoCSC_0254-5
Paraíso não conseguiu vencer a forte marcação do Juventus. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Tudo se encaminhava para um zero a zero, vide a falta de qualidade técnica da partida. Mas foi aí que a postura do Juventus falou mais alto, não só na defesa, como também no ataque. Aos 34, o zagueiro Marlon, do Paraíso, inventou de cobrar rápido uma falta, mas pegou o próprio time desatento; Carlos roubou a bola e abriu para Vitinho, sem marcação, bater na saída do goleiro e correr para o abraço. No lance seguinte, Gabriel quase ampliou, pegando um voleio da entrada da área, mas Héder voou para defender.

Juventus x ParaísoCSC_0309-15
Vitinho fez o gol da primeira vitória do Juventus em dois anos na Interligas e correu para o abraço. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Para o Juventus, o 1 a 0 se tratava de uma goleada. Sendo assim, a equipe se fechou nos 10 minutos finais e trouxe o Paraíso para o seu próprio campo. Sem conseguir infiltrar, os palhocenses tentavam chegar ao empate com bolas aéreas. Em uma delas, a defesa do Juventus não conseguiu afastar e a bola sobrou para Dario bater firme, obrigando o goleiro Ibraim a operar um milagre, garantindo os primeiros três pontos de seu time em dois anos de Interligas.

Juventus x ParaísoCSC_0308-14
Nos 10 minutos finais, só deu Paraíso. Mesmo cansado, o time do Juventus não desistiu e correu atrás de garantir a vitória. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Juventus x ParaísoCSC_0291-12
Ibraim salvou a equipe josefense mais de uma vez. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Com o apito final, a festa do time da casa irrompeu o gramado do Complexo do Ipiranga. Vitinho, o autor do gol, e Ibraim, o arqueiro salvador, foram os mais saudados pela equipe e pela boa torcida presente na cancha. No vestiário, Nathan Búrigo falou que as equipes, a partir de agora, terão que passar a respeitar o Juventus.

DSC_0304
União do Juventus após a vitória. “Eles vão ter que nos respeitar”, afirmou Nathan Búrigo, à direita na foto. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

A resultado fez com que as duas equipes trocassem de posição no Grupo B. O Juventus passou à terceira posição, com três pontos, enquanto o Paraíso caiu para a lanterna do grupo, com apenas um pontinho. Na próxima rodada, os dois times voltam a se enfrentar e o time de Palhoça busca a revanche, em casa (confira a tabela de jogos).

Ainda na tarde desse domingo, outra partida fechou a rodada dupla no Complexo do Ipiranga. O Cancheiro não arredou o pé de lá e conferiu as emoções de Ipiranga 2×3 Campinas (logo mais com o relato completo aqui no blog).

2 comentários sobre “Juventus bate Paraíso e conquista a primeira vitória na Interligas

  1. […] Jogando no Ipiranga, o Juventus tem boas recordações de duelar contra o Náutico. Os adversários dessa quarta já se conhecem da edição do ano passado da Interligas, quando o escrete da Dona Wanda venceu o do Santinho por 2 a 0 – mas levou 5 jogando em Floripa. Também pela edição de 2016, O Cancheiro conferiu dois compromissos do Juventus nessa mesma cancha: a goleada sofrida para o Grêmio Cachoeira na primeira rodada e a histórica vitória – a primeira em Interligas – contra o Paraíso. […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s