Aimoré goleia Nacional em confronto leopoldense pelos juniores

O saudoso Monumental do Cristo Rei não poderia, de forma alguma, ficar de fora do roteiro d’O Cancheiro pelo futebol gaúcho. A mística taba do Índio Capilé foi palco do duelo entre as duas equipes leopoldenses do Grupo A da Copa FGF Sub-19: Aimoré e Nacional. Os donos da casa, inclusive, já haviam pintado por aqui, na estreia com vitória contra o Estância Velha. Para o Nacional, a partida marcava a estreia em competições oficiais da FGF.

CE Aimoré: Mikhael; Fábio, Elói, Baloy e Tiago Alemão; Juliano, Murilo, Lucas França e Coutinho; Adson e Waguinho. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
CE Aimoré: Mikhael; Fábio, Elói, Baloy e Tiago Alemão; Juliano, Murilo, Lucas França e Coutinho; Adson e Waguinho. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
GE Nacional: Henrique; Bruno Santos, Léo Jaques, Alexandre e Saraiva; Maninho, Pedro, Lucas Costa e Cláudio; Markinhos e Jáderson. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
GE Nacional: Henrique; Bruno Santos, Léo Jaques, Alexandre e Saraiva; Maninho, Pedro, Lucas Costa e Cláudio; Markinhos e Jáderson. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Era muita história naquele singelo jogo de juniores. Para começar, nesse mesmo gramado, sob o saudoso barranco, já desfilaram lendas do Aimoré como Mengálvio e Felipão, entre tantos outros. As agremiações, apesar de viverem fases modestas, já figuraram como protagonistas na elite do futebol gaúcho. Hoje em dia, o Aimoré tenta retomar os áureos tempos que tiveram seu ápice na campanha do vice-campeonato de 1959, quando perdeu – roubado – para o Grêmio. Feito que, 32 anos antes, o Nacional já quase havia alcançado, ainda na fase amadora do futebol gaúcho, ao perder as semifinais para o Internacional. Atualmente, o clube que ostenta as cores do Rio Grande do Sul joga os campeonatos amadores locais e vem estruturando as categorias de base em torneios oficiais, como a copinha dos juniores.

Não tem futebol moderno que acabe com o saudoso barranco do Cristo Rei.
Não tem futebol moderno que acabe com o saudoso barranco do Cristo Rei.
O Grêmio Esportivo Nacional surgiu de uma fusão entre Esporte Clube Nacional e o Grêmio Sportivo Leopoldense. O primeiro, inclusive, já havia terminado entre os 4 melhores times do Gauchão de 1927. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
O Grêmio Esportivo Nacional surgiu de uma fusão entre Esporte Clube Nacional e o Grêmio Sportivo Leopoldense. O primeiro, inclusive, já havia terminado entre os 4 melhores times do Gauchão de 1927. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

O clube do Cristo Rei já tem uma certa tradição nas competições da base, com destaque para os juniores, onde fez uma campanha memorável no Gauchão, perdendo para o Internacional nas semifinais. Sendo assim, era natural imaginar uma enorme superioridade em campo. O começo do jogo já demonstrava que bastava o Aimoré acertar a pontaria para termos uma goleada, tamanha a intensidade que o time colocou sobre o rival. Foram várias chances, desde finalizações perigosas de Murilo e Tiago a uma cabeceada de Baloy, que explodiu no travessão.

O Índio começou pressionando, mas pecava na hora de finalizar as jogadas. Tradicionais nos gramados gaúchos, os quero-queros davam seus rasantes mortais durante toda a partida. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
O Índio começou pressionando, mas pecava na hora de finalizar as jogadas. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Pouco inspirada na hora de matar as jogadas, a gurizada do Índio Capilé só chegou ao seu primeiro tento aos 38 minutos, após bobeira da zaga da Nacional, que tentou afastar a bola, mas ela rebateu e sobrou para Murilo arrematar de prima, sem chances para o goleiro Henrique. Nem bem o arqueiro havia terminado de cobrar seus defensores pela falha e o Aimoré já chegava novamente com perigo. Sem nenhuma marcação, Waguinho avançou e, após tentar driblar o goleiro, rolou para Coutinho marcar o segundo, pouco mais de um minuto depois do primeiro.

Defesa do Nacional só observa a bola tomando o rumo das redes, pegando o goleiro Henrique no contrapé. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Defesa do Nacional só observa a bola tomando o rumo das redes, pegando o goleiro Henrique no contrapé. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Após o intervalo, o Aimoré continuou em sua postura ofensiva e, com menos de 5 minutos, quase fez o terceiro, em chute do lateral Fábio. Gol que só viria vinte minutos depois, numa sublime cobrança de falta de Murilo, o melhor em campo. Henrique até chegou nela, mas não conseguiu tocá-la com força suficiente para mandá-la para a linha de fundo. O Nacional não conseguia se encontrar em campo e só veio a finalizar pela primeira vez aos 36 do segundo tempo, quando Lucas Costa chutou e a bola foi parar lá no barranco. O Aimoré continuou jogando às ganha e, faltando poucos minutos para o apito final, chegou ao quarto gol com Bruno, após jogada de Waguinho.

E olha que se não fosse o goleiro Henrique, a goleada poderia ter sido pior. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
E olha que se não fosse o goleiro Henrique, a goleada poderia ter sido pior. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

A goleada coloca o Aimoré na ponta do grupo metropolitano, com um jogo a mais que os rivais. Agora, o bravo Índio Capilé foca na estreia da Copa Luiz Fernando Costa, contra o Três Passos, onde colocará em campo o mesmo times dos juniores, comandado por Arilson, apesar da competição ser profissional. A estreia no mata-mata acontece no noroeste gaúcho, na distante Três Passos, quase na divisa com a Argentina.

Mesmo goleando, o Aimoré seguiu jogando ÀS GANHA. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)
Mesmo goleando, o Aimoré seguiu jogando ÀS GANHA. (Foto: Lucas Gabriel Cardoso)

Enquanto isso, O Cancheiro segue o rumo do futebol aqui pela ragião metropolitana de Porto Alegre mesmo. Com essa partida no Cristo Rei, concluo minha jornada dupla por São Leopoldo e sigo, no domingo, para o Zequinha, onde Farroupilha e São José se enfrentariam. Até lá!

Mais fotos do confronto no Cristo Rei:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s